Intérpretes de Libras das lives celebram repercussão positiva

Após traduzir shows, Gabriel Isaac e Renato Rodrigues viram o número de seguidores disparar; performance chamou atenção até de Anitta

Equipe participou de lives de grandes nomes da música

Equipe participou de lives de grandes nomes da música

Arquivo pessoal

As lives com transmissões de shows dos mais variados artistas já viraram tradição neste isolamento social. Mais do que as músicas e performances dos cantores, o que tem chamado atenção do público são os intérpretes de Libras. Durante os vídeos ao vivo, eles entram no clima e se divertem ao traduzirem a língua para os surdos.

A equipe formada por Gabriel Isaac, Renato Rodrigues, Carla Sparano, Regiane Pereira e Ricardo Junior foi a responsável pela tradução das lives promovidas pela Workshow, com apresentações de grandes nomes, como Marilia Mendonça, Maiara e Maraisa, Zé Neto e Cristiano. Desde a aparição nas transmissões, eles ganharam fama nas redes sociais.

"Levei um susto quando vi que tinham quase 3 mil novos seguidores [no Instagram]. Até hoje estou tentando responder as mensagens. O número de impressões também subiu bastante, para mais de 1,3 milhão", comemora Gabriel, intérprete de 23 anos, que também é designer gráfico e youtuber.

Renato, por sua vez, comparou a repercussão positiva com a exposição em um reality show.

Renato fez tradução do show de Marília Mendonça

Renato fez tradução do show de Marília Mendonça

Arquivo pessoal

"Ficamos enclausurados por 8 horas e meia dentro do estúdio e não sabíamos o que estava acontecendo aqui fora. Ao sairmos, vimos os nossos celulares com uma verdadeira avalanche de mensagens, vídeos, memes... Parecia que estávamos em um reality show, pois nunca tinha visto mil mensagens no WhatsApp, quase 2 mil novos seguidores no Instagram em tão pouco tempo... Uma verdadeira loucura!", relembra o intérprete que está na área há 16 anos e trabalha na Fundação Padre Anchieta, no Núcleo de Acessibilidade, FLICTS, na TV Cultura.

Para Gabriel, esta primeira experiência foi um grande desafio. Ele foi convidado por já ter feito tradução de músicas no canal dele no YouTube e também por ser surdo e ter a Libras como língua nativa.

Gabriel teve a primeira experiência como intérprete

Gabriel teve a primeira experiência como intérprete

Arquivo pessoal

"Eles precisavam de alguém para dar a perspectiva de quem precisa dessa acessibilidade, para que pudessem fazer as traduções de forma que os surdos que estivessem assistindo tivessem uma experiência de qualidade. Além de promover representatividade, que foi um dos motivos que me deixou mais feliz com o convite", explica.

Improviso e aprovação de Anitta

Para se preparar para as lives, a equipe recebeu a lista do repertório dos artistas dois dias antes para estudar as letras, adaptá-las para a Língua Brasileira de Sinais. Mas, nem tudo saiu como o planejado e eles precisaram se virar nos 30.

"A produção passou a lista final pra gente, quando chegamos no estúdio, com músicas que não sabíamos antes. Músicas que estavam em inglês, espanhol. Então, também tivemos que estudar as letras lá na hora, fazer tradução em cima de tradução. Vida de intérprete não é fácil, mas foi incrível (risos)", declara Gabriel.

Intérpretes estudaram letras de músicas antes dos shows

Intérpretes estudaram letras de músicas antes dos shows

Arquivo pessoal

Por conta do jeito descontraído e das muitas caras e bocas, Renato acabou chamando a atenção de ninguém menos do que Anitta. A cantora compartilhou um vídeo nas redes sociais em que dizia estar impressionada com as habilidades dele.

"Acabei virando piada, mas levei numa boa [risos]. As expressões faciais são elementos importantíssimos das Línguas de Sinais e não poderiam faltar naquele momento. A ideia era nos divertir ao máximo e levar essa energia boa para toda a Comunidade Surda através das mãos", afirma.

Apesar da comemoração em torno do trabalho cumprido, os profissionais querem reforçar a importância de ter um intérprete de Libras em qualquer tipo de conteúdo. "Os surdos também estão no mundo e merecem fazer parte dele através dessa acessibilidade", reforça Gabriel.

Assista à trechos da performance deles