Música Jovem revela que foi vítima de assalto à mão armada em festival de música

Jovem revela que foi vítima de assalto à mão armada em festival de música

História viralizou no Twitter neste sábado (3); rapaz acusa a organização do evento de não ter dado suporte

  • Música | Do R7

Jovem relatou ter sido assaltado dentro do Rock in Rio

Jovem relatou ter sido assaltado dentro do Rock in Rio

Graça Paes/AgNews

Um jovem usou as redes sociais para relatar que foi assaltado à mão armada dentro do Rock in Rio, que acontece neste fim de semana no Rio de Janeiro. O internauta, identificado como Caio Henriques, contou que, nesta sexta-feira (2), foi surpreendido por uma pessoa com uma faca em frente a um dos palcos principais do festival. 

A história publicada por Caio viralizou, com mais de 36 mil curtidas, e virou assunto no Twitter neste sábado (3). "Provavelmente, a primeira pessoa na história a ser assaltada (à mão armada, evidentemente) na frente do Palco Mundo. Sério, eu sou um cara de sorte [...] A arma do roubo foi uma faca. Provavelmente um canivete ou coisa do tipo", postou o rapaz, que acusou a organização do evento de não ter dado suporte necessário após o ocorrido.

"Simplesmente não me deixaram retornar ao evento depois que eu desisti de enfrentar a fila de 689 furtos (o meu caso não era de furto) e eu tive que apelar pra grosseria, né [...] Falei com poucos funcionários, no máximo uns trinta e quatro, e não consegui me comunicar com nenhuma pessoa do meu ciclo. Não deram suporte. Tive que voltar andando", completou.

Nos comentários, outros internautas relataram casos de furto dentro do festival e lamentaram que não tenha sido uma situação isolada. A organização do evento também foi cobrada na internet. "Como alguém entra armado no festival???? E toda aquela 'segurança' na porta, revista e tudo mais? É só de enfeite? Precisamos de respostas!!!", escreveu uma internauta. "Eu fui em 4 dias em duas edições, e em todos os dias me revistaram igual a cara deles. Eu disse o que tinha na minha bolsa e me liberaram, só tiravam a tampa da garrafa de água", contou outra. "Cadê o pronunciamento sobre isso aqui??", questionou mais uma.

A assessoria de imprensa do Rock in Rio informou ao R7 que não pode se responsabilizar sobre o caso específico de Caio Henrique, pois não tem registro oficial do roubo.

"Fizemos um trabalho de apuração completo no Jecrim, junto com a polícia, e o Rock in Rio não recebeu esse caso, não chegou no Jecrim e na polícia. O Rock in Rio não está se posicionando sobre algo que não chegou até ele", informou a comunicação.

Sobre o fato de o jovem ter alegado que não conseguiu receber suporte por conta da quantidade de pessoas no local, a porta-voz do evento respondeu: "Não temos informações de que o Jecrim esteve cheio ontem. Temos três achados e perdidos e a maioria dos celulares encontrados foram devolvidos", finalizou. 

Últimas