Música Luiza lança carreira solo cinco meses após morte de Maurílio: 'Quase me perdi de mim' 

Luiza lança carreira solo cinco meses após morte de Maurílio: 'Quase me perdi de mim' 

Cantora estava afastada dos palcos desde a partida do companheiro de dupla, Maurílio, em dezembro de 2021

  • Música | Do R7

Cantora falou sobre a dificuldade de seguir com a carreira após a morte de Maurílio

Cantora falou sobre a dificuldade de seguir com a carreira após a morte de Maurílio

Reprodução/Instagram

Luiza lançou oficialmente a carreira solo, neste sábado (30), por meio de comunicado nas redes sociais. A cantora estava afastada dos palcos desde a morte do companheiro de dupla, Maurílio, em dezembro de 2021. 

"Aqui se reinicia uma história. A minha história. Vocês que me acompanham sabem de tudo que eu passei nos últimos tempos, e, quase, quase mesmo, me perdi de mim. Compreensível. Tenho muito respeito pela minha dor, porque ela é real", começou. 

"Eu tinha duas escolhas: ou passava por cima dela e fingia que nada tinha acontecido, e em algum momento ela me derrubaria, ou eu enfrentava ela, e aprendia a conviver. Eu escolhi a opção 2. Não vivo triste nem para baixo, mas essa dorzinha de perder pessoas que eu amava tanto, ela ainda está aqui. A diferença é que agora eu tento adestrar ela, todos os dias, todas as horas", completou a cantora. 

Luiza revelou ainda que pensou que seria o fim da carreira na música. "Muitas vezes, eu pensei que tinha acabado para mim. Eu me senti impotente e sem controle. Eu pensava que a qualquer momento chegaria a minha vez. Eu sentia os sintomas, revivia momentos na minha cabeça, por muitas vezes esperei deitada o pior acontecer."

A cantora também falou sobre como foi dar os primeiros passos. "Levantei e estou de pé. Firme. Dura. Mais dura do que eu queria ser, inclusive. Me sinto pronta para voltar aos palcos. Eu anseio por eles. Eu sonho com os palcos, o público, nada me faz mais realizada do que estar nos palcos. Daqui a exatos cinco dias, eu vou pisar num palco pela primeira vez depois de tudo."

Últimas