Odair José faz música sobre cidade natal: 'Protege meu lado criança'

Nos versos emocionados de 'Morrinhos', o artista setentão relembra o passado distante onde nasceu, no município do interior de Goiás

Odair José lançou novo single 'Morrinhos'

Odair José lançou novo single 'Morrinhos'

Reprodução/Instagram

Odair José não quer saber de ficar parado durante a quarentena, devido à pandemia de covid-19. Compondo músicas em casa, o cantor lançou recentemente o single Morrinhos, no qual homenageia a cidade natal.

Nos versos da canção sobre o município do interior de Goiás, o artista, que completa 72 anos este mês, relembra o passado distante: “Trocar a tristeza por felicidade/Com toda a certeza vai passar a saudade/Morrinhos me encanta com tantas lembranças / Morrinhos protege meu lado criança", diz um dos trechos da música.

Morrinhos é o primeiro single do cantor lançado após o 37º álbum de inéditas, Hibernar na Casa das Moças Ouvindo Rádio (2019).

Para o R7, Odair disse que fez a faixa acompanhado do filho multi-instrumentista e produtor, na residência da família, em Cotia, município próximo de São Paulo. "Durante o isolamento social, me veio a ideia de fazer uma canção falando da cidade. Então, eu e Júnior Freitas, que mora comigo e tem um estúdio em casa, tocamos e gravamos Morrinhos (ouça abaixo). É um presente para meus conterrâneos e meu público por esse mundão afora."

Odair José passeia, em Morrinhos, durante a década de 1970

Odair José passeia, em Morrinhos, durante a década de 1970

Divulgação

O cantor também confessa que, apesar da longa carreira, foi a primeira vez que registrou uma letra para Morrinhos. "Estou gravando desde final de 1969 e nunca havia feito nenhuma referência em música para a cidade onde nasci. Fiquei lá até meus 13 anos, quando a família se mudou para Goiânia. E, aos 18 anos, em 1967, fui para o Rio de Janeiro tentar a sorte na carreira musical."

Emocionado, Odair busca na memória um episódio importante em Morrinhos. "Voltei poucas vezes para a minha terra natal, mas me lembro de uma cena especial. Foi um show que, praticamente, parou a cidade, em 1973. Eu era, naquela época, o cantor de maior sucesso no Brasil e todo mundo queria me ver. O espaço foi pequeno para um momento tão grande..."

E, depois do single, o cantor informa os fãs que está cheio de planos. "Assim que tudo voltar ao normal, tenho um projeto de um novo CD de inéditas. Também voltei a pensar no lançamento de um livro que tenho desde 1976. Além disso tudo, ainda existe a possibilidade de um documentário. Vamos aguardar a quarentena passar e se movimentar!"

Ouça o single Morrinhos: