Música Ozzy Osbourne reclama do tratamento da imprensa: 'Não estou morrendo'

Ozzy Osbourne reclama do tratamento da imprensa: 'Não estou morrendo'

O cantor, de 74 anos, também negou aposentadoria e afirmou estar cuidando da saúde

Agência Estado - Variedades

Grosby Group

Recentemente, Ozzy Osbourne anunciou o cancelamento de seus próximos shows e a aposentadoria das turnês por motivos de saúde. Porém, o cantor, de 74 anos, negou que deixará os palcos de forma definitiva, criticou o tratamento que a imprensa deu ao assunto e afirmou que não está morrendo.

Em seu quadro Ozzy Speaks, no canal Ozzy's Boneyard para o SiriusXM, o artista ressaltou que se trata de uma pausa momentânea e citou a esposa, Sharon Osbourne. "Cheguei ao ponto em que a Sharon me disse: 'Quer saber, a verdade é que você não pode continuar agendando passeios e falhando, cancelando'", disse ele ao coapresentador Billy Morrison.

O astro ressaltou que se fosse autorizado pelos médicos a voltar às turnês, não retornaria de imediato, visto a logística requisitada para a realização dos shows.

"Então, se eu puder voltar para onde eu possa fazer uma turnê novamente, tudo bem. Mas agora, se você me disser: 'Você pode ir para a estrada em um mês?'. Eu não poderia dizer sim. Quero dizer, se eu pudesse fazer uma turnê, eu faria. Mas, não posso agendar turnês porque, no momento, acho que não conseguiria realizá-las".

Por fim, Osbourne destacou que está mais vivo do nunca e repreendeu o comportamento da imprensa em relação a sua aposentadoria momentânea. "A imprensa me deixa maluco. Vi uma revista: 'Ozzy sobre estar nas últimas.' Não estou morrendo, porr*", frisou.

Relembre a trajetória de Ozzy Osbourne

Últimas