Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Música
Publicidade

Quase 30 anos depois, polícia dos EUA prende suspeito do assassinato de Tupac Shakur

Duane 'Keffe D' Davis foi preso por sua conexão com o tiroteio que acabou com a vida do rapper na famosa Las Vegas Strip

Música|Do R7

Rapper Tupac no MTV Music Video Awards em 1996

A polícia de Las Vegas, nos Estados Unidos, prendeu nesta sexta-feira (29) um suspeito do assassinato do ícone do hip-hop Tupac Shakur, que permanece sem solução há 27 anos, segundo relatos da imprensa americana. Duane "Keffe D" Davis, de 60 anos, foi preso por sua conexão com o tiroteio que acabou com a vida do rapper na famosa Las Vegas Strip, em 13 de setembro de 1996, informou o jornal Los Angeles Times.

O promotor adjunto do condado de Clark, Marc DiGiacomo, disse nesta sexta-feira que um grande júri do condado emitiu uma acusação nesta quinta (28) contra Davis por assassinato com uso de arma mortal.

Por sua vez, a polícia de Las Vegas marcou uma entrevista coletiva para a tarde desta sexta, para fornecer mais detalhes sobre a prisão. Depois de anos sem avanços no caso, a polícia de Las Vegas revistou no último mês de julho, em Henderson (Nevada), a casa de Paula Clemons, esposa de Davis e que em diversas ocasiões havia assegurado que seu sobrinho Orlando Anderson esteve envolvido no assassinato do músico. Anderson sempre negou a responsabilidade pelo assassinato e, dois anos após a morte de Tupac, ele também foi morto em um tiroteio entre gangues.

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia no Telegram

O autor de Hit 'Em Up foi assassinado, aos 25 anos, ao sair de uma luta de boxe no hotel MGM Grand, em Las Vegas. Ele foi alvejado várias vezes por disparos efetuados de dentro de um veículo. Em 2018, no documentário Unsolved, Davis aparece dizendo que estava no veículo com o homem que atirou em Tupac, mas não quis identificar o responsável. A polícia de Las Vegas havia alegado no passado que, apesar do grande número de testemunhas, a investigação estava paralisada devido à falta de cooperação.

Desde o assassinato, a lenda de Tupac cresceu exponencialmente, tornando-o um emblema do hip-hop americano, e sua morte deu origem a teorias da conspiração. O rapper nasceu em 16 de junho de 1971, em Nova York, cresceu em meio à pobreza e à violência das ruas e, ainda adolescente, ingressou em uma escola de artes em Baltimore (Maryland). O álbum 2Pacalypse Now (1991) foi o primeiro passo de uma carreira que se caracterizou pelo estilo "gangsta", corrente do rap que aspirava retratar a miséria, a violência e o racismo dos guetos. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.