Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Rapper Coolio morreu após overdose de droga psicodélica, afirma legista

Cantor que teve muito sucesso nos anos 90 estava fazendo shows pelos EUA quando foi encontrado morto na casa de um amigo

Música|Do R7, com agências internacionais

Coolio no palco durante um show nos Estados Unidos em maio de 2022
Coolio no palco durante um show nos Estados Unidos em maio de 2022 Coolio no palco durante um show nos Estados Unidos em maio de 2022

Coolio, o rapper americano conhecido pelo hit Gangsta's Paradise, de 1995, morreu no ano passado após uma overdose de fentanil, informou na quinta-feira (7) um legista de Los Angeles. O músico tinha 59 anos e sua morte aconteceu na mesma Los Angeles, no dia 28 setembro.

O cantor foi encontrado caído no banheiro da casa de seu amigo e suspeitou-se inicialmente que havia sofrido uma parada cardíaca. O relatório do legista divulgado agora afirma que o artista sofria de asma e de problemas cardíacos, e havia consumido recentemente fenciclidina, uma droga psicodélica.

O empresário de Coolio, Jarez Posey, disse que a família do rapper recebeu a informação na quinta através do escritório do legista que fez a análise. Posey afirmou ainda que os filhos do rapper planejam homenagear seu pai em futuros projetos de documentários e filmes.

SUCESSO

Publicidade

Coolio, seu nome verdadeiro era Artis Leon Ivey Jr., iniciou a carreira como rapper na Califórnia no fim da década de 1980, mas ganhou fama internacional em 1995 quando Gangsta's Paradise, parte da trilha sonora do filme Mentes Perigosas, protagonizado por Michelle Pfeiffer, explodiu mundialmente. 

Com um trecho musical de Pastime Paradise (1976), de Stevie Wonder, o single vendeu milhões de cópias no mundo todo, liderando as paradas de 16 países e se tornando a principal música da lista da Billboard, em 1995. Coolio teve ainda outros hits, como Fantastic Voyage (de 1996) e 1, 2, 3, 4 (Sumpin' New) (de 1997). O rapper tem oito discos de estúdio lançados, sendo que o último foi From the Bottom 2 the Top, de 2009.

Publicidade

O rapper ganhou, em 1996, o Grammy de Melhor Performance Solo de Rap por Gangsta's Paradise e também foi indicado ao prêmio nas edições de 1995 e 1997.

Coolio estava em turnê pelos Estados Unidos no final do ano passado e vinha fazendo shows por várias cidades do país. Em 2022 ele se apresentou também na Dinamarca e Suécia. Seu último concerto foi na cidade de Boerne, no Texas, no dia 24 de setembro.

O rapper se apresentou uma única vez no Brasil, no dia 11 de maio de 1997, no Metropolitan, no Rio de Janeiro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.