Rapper Dave chama Boris Johnson de racista no BRIT Awards 

Cantor aproveitou ao máximo os holofotes, num horário nobre da televisão, para fazer uma declaração política contra o primeiro-ministro 

Dave ganhou o cobiçado prêmio de álbum do ano

Dave ganhou o cobiçado prêmio de álbum do ano

Reprodução/Instagram BRIT Awards

O cantor escocês Lewis Capaldi e o rapper Dave foram os grandes vencedores do BRIT Awards na terça-feira em uma cerimônia repleta de apresentações, incluindo um ataque lírico de Dave ao primeiro-ministro britânico, que ele acusou de ser racista.

Multidões aplaudiram a premiação anual da música pop britânica, já no seu 40° ano, quando o rapper Dave aproveitou ao máximo os holofotes, num horário nobre da televisão, para fazer uma declaração política contra o primeiro-ministro Boris Johnson.

"É racista independentemente de parecer ou não racista. A verdade é que nosso primeiro-ministro é um racista de verdade", rimou, em uma poderosa apresentação de sua música "Black", apresentada num piano branco iluminado com imagens.

Johnson enfrentou críticas no passado por se referir ao povo africano como "pretinhos" com "sorrisos de melancia", e nesta semana um assessor de Downing Street foi forçado a renunciar por comentários racistas.

Dave ganhou o cobiçado prêmio de álbum do ano por seu trabalho "Psychodrama".

Capaldi, que ganhou dois prêmios, cantou sua balada "Someone You Loved" antes de receber o prêmio de melhor artista novo, bebendo uma garrafa de cerveja. Mais tarde, ele agarrou uma garrafa de vinho fortificado para receber o prêmio de música do ano.

Por Sarah Young