Rubinho Barsotti, fundador do Zimbo Trio, morre aos 87 anos

Baterista não resistiu à complicações de uma operação de fêmur fraturado na semana passada ao cair na casa de roupouso onde morava

Rubinho era considerado um dos maiores bateristas do Brasil

Rubinho era considerado um dos maiores bateristas do Brasil

Reprodução/Facebook

Morreu na madrugada desta quarta-feira (15), aos 87 anos, em São Paulo, Rubinho Barsotti, fundador do Zimbo Trio. A notícia foi dada por Amilton Godoy, outro membro da banda que fez sucesso nas décadas de 1960 e 1970. Considerado um dos maiores bateristas do Brasil, Rubinho não resistiu à complicações de uma operação de fêmur fraturado na semana passada ao cair na casa de rouposo onde morava.

O corpo do baterista Rubinho Bersutti foi enterrado na manhã desta quarta, no Cemitério do Araçá, na zona oeste de São Paulo.

Em uma publicação no Facebook, Amilton lamentou a morte do colega. "Foram 49 anos de trabalho com o Zimbo Trio, onde juntos fundamos o Clam - Escola de música e ainda gravamos 51 discos juntos! São muitas história e conquistas que dividimos juntos. Para mim, Rubinho sempre foi o melhor baterista de sua geração. Descanse em paz meu amigo", escreveu o pianista.

Durante a carreira, Rubinho tocou ao lado de grandes nomes como Elis Regina e Elizete Cardoso. Tocou com Oscar Peterson e Tommy Flanagan. Dividiu ainda seu talento com o guitarrista Joe Pass e os saxofonistas Stan Getz e Gato Barbieri.