Björk usa inteligência artificial para criar música que se adapta às condições climáticas

"Kórsafn" conta com trechos de sons da cantora

Björk toca flauta em universo surrealista no clipe de “Utopia”

Björk toca flauta em universo surrealista no clipe de “Utopia”

Tenho Mais Discos Que Amigos
Reprodução / Youtube Björk está mais uma vez nos impressionando com sua inovação ao misturar música e tecnologia. Com ajuda da Microsoft, a cantora islandesa criou uma canção que muda de acordo com as condições climáticas e a posição do Sol -- ela usou inteligência artificial para montar o projeto. 'Kórsafn' (algo como 'arquivo de coro' no português) conta com um compilado de sons dos arquivos musicais de Björk, que já tem mais de 17 anos. Entre eles estão o coral de Hamrahlid, do qual a artista participou, e vários outros. Como informa o MSN, a música se adapta ao nascer e pôr do Sol e reorganiza seus arranjos a partir disso. Uma câmera instalada no telhado do hotel Sister City, em Nova York, está captando as informações que mantêm a música sendo reproduzida continuamente. Que loucura, não? Ainda de acordo com a Microsoft, esse projeto vai ajudar a treinar sua inteligência artificial a reconhecer diferentes tipos de nuvens, neves, pássaros e outras questões relacionadas ao clima. Confira tudo isso no vídeo abaixo. Björk https://youtu.be/HXSSA064EEs O último disco lançado pela cantora é Utopia, de 2017. Em 2019, uma exposição digital incrível da artista passou por cidades brasileiras. LEIA TAMBÉM: Warner Bros. vai usar Inteligência Artificial para criar novos filmes