Em 1989, Joe Strummer disse que o baixo quebrado de “London Calling” foi o “melhor som” do The Clash

Um dos discos mais importantes do punk está completando 40 anos de existência

The Clash - London Calling

The Clash - London Calling

Tenho Mais Discos Que Amigos
O icônico London Calling está completando 40 anos e até Tom Morello se derreteu em elogios à obra prima do The Clash. Quem também resolveu lembrar o disco foi a MTV, que usou a página MTV Classic no Facebook para reviver uma entrevista sensacional com Joe Strummer. Mesmo curto, o papo trouxe declarações ótimas lá em 1989. A primeira pergunta era sobre o que ele esperava que seria o legado do The Clash; Strummer prontamente respondeu que 'alguns bons discos, bons shows'. Em seguida, questionado sobre o momento que mais lhe deu orgulho com a banda, ele disse: Eu gosto muito daquela foto da capa do 'London Calling', tirada aqui no The Palladium [casa de show], onde o Paul [Simonon] quebra seu Fender Jazz Bass preferido. E aí através de todos os anos ele foi ouvido chorando 'Por que eu fiz isso? Por que eu fiz isso?'. Mas pelo menos virou uma ótima foto, sabe? Eu acho que o som daquele baixo atingindo o palco é provavelmente o melhor som que já fizemos. Confira abaixo a lembrança na íntegra (em inglês). Joe Strummer e os 40 anos de 'London Calling' https://www.facebook.com/mtvclassic/videos/2182645538698382/ Joe Strummer foi o primeiro (e único) membro do The Clash a nos deixar. Em 2002, aos 50 anos de idade, ele faleceu vítima de um problema no coração. Algumas de suas guitarras estão em uma exposição sensacional comemorando o aniversário do London Calling. Por lá, está também o icônico baixo quebrado de Simonon!