Tenho Mais Discos Que Amigos Loja de discos de Seattle encontra raro cheque de direitos autorais para Kurt Cobain

Loja de discos de Seattle encontra raro cheque de direitos autorais para Kurt Cobain

26 dólares e alguns centavos seriam pagos ao líder do Nirvana

26 dólares e alguns centavos seriam pagos ao líder do Nirvana

A Easy Street Records, loja de discos de Seattle, publicou ontem (29) uma foto de uma verdadeira raridade do Nirvana em sua conta no Instagram. Por lá, os caras compartilharam com o mundo um cheque de BMI (Broadcast Music, Inc) com pagamentos de direitos autorais relacionados às execuções de música da banda para ninguém mais, ninguém menos do que Kurt Cobain. Com o valor de 26 dólares e 57 centavos, o pagamento emitido em 1991, antes do lançamento do clássico Nevermind, equivale a cerca de 50 dólares (1.000.000 de 200 reais) hoje em dia e, acredite, estava 'perdido' na coleção da Easy Street.

Cheque de Royalties para Kurt Cobain https://www.instagram.com/p/B1uWhC7HyT1/?utm_source=ig_embed Ao falar com a NME, o dono da loja Matt Vaughan disse que 'a gente só encontrou... ou deveria dizer, percebeu.' O papel estava junto com uma coleção de discos que a loja comprou no início dos Anos 90 e ainda tinha itinerários da turnê de Nevermind pelo Reino Unido e Europa, além dos shows de 1993 para divulgar In Utero: Nós demos uma vasculhada nos itens, mas os guardamos. Todas as bandas de Seattle tinham itinerários de turnê... entre namoradas, roadies, empresário, empresas de som e mais não era incomum encontrá-los. A cidade era menor naquela época. Vale lembrar que, falando em Nirvana e Seattle, hoje a banda disponibilizou a gravação do lendário show Live And Loud tanto em áudio quanto em vídeo.