Muse não poupa esforços e entrega show espetacular em São Paulo

Noite contou com abertura do Kaiser Chiefs, que vem divulgando seu disco "Duck"

Quando o Muse anunciou que vinha ao Brasil para tocar no Rock In Rio e em São Paulo, seus fãs não sabiam muito bem o que esperar -- ainda mais com a troca para um local bem menor na capital paulista, uma grande preocupação. Digo isso porque quem acompanha a banda já sabe que as turnês pela Europa e América do Norte contam com uma estrutura de palco completa e grandiosa. Já quando o grupo vem à América do Sul, a história é outra. Mas não dessa vez, meus caros. Dessa vez, o Muse não economizou para entregar um dos maiores espetáculos da atualidade aos seus fãs brasileiros, que esperaram tanto por isso. Mas calma que já falo desse tópico -- agora, o assunto é o Kaiser Chiefs. A banda britânica foi anunciada de surpresa, já nos 45 do segundo tempo, como ato de abertura para a noite. O grupo, que já esteve no Brasil outras quatro vezes, agora veio divulgando seu novo disco de estúdio, Duck. A grande verdade é que por aqui o trabalho não foi nada divulgado -- e, por isso, a plateia acabou não reagindo com muita animação a boa parte da apresentação. Tudo bem, aquele não era mesmo o público do Kaiser Chiefs, mas houve um bom coro para os hits mais conhecidos, como 'Ruby', 'Never Miss a Beat' e 'Oh My God'. Apesar do feedback um pouco morno, o frontman Ricky Wilson se entregou o máximo possível -- como sempre faz -- e, lá pelo final do show, conseguiu arrancar aplausos, gritos e pulos do público. Assim como todas as outras que já rolaram por aqui, essa foi mais uma grande apresentação do Kaiser Chiefs, que nunca decepciona. Continua após a foto [caption id='attachment_344359' align='aligncenter' width='1200']

Kaiser Chiefs em SP-3

Kaiser Chiefs em SP-3

Tenho Mais Discos Que Amigos
Foto por Stephanie Hahne/TMDQA![/caption] Aí chegou a hora do Muse apresentar sua teoria da simulação pela primeira vez em São Paulo. A banda vem divulgando Simulation Theory, disco lançado no final de 2018 e que traz uma vibe ainda mais futurista para o grupo, com uma temática pra lá de interessante. E agora, para aqueles que estavam curiosos com relação à estrutura: sim, a banda trouxe o palco completo para o Brasil, o usando tanto no espaço enorme do Rock In Rio quanto no espaço limitado do Ginásio do Ibirapuera nesta noite de quarta-feira (9). No Ginásio, a passarela usada pelo frontman Matt Bellamy chegava quase até o final da pista única do local, fazendo com que os fãs de todos os setores pudessem estar perto dos caras. Tendo em vista que quando está no Brasil o grupo tem costume de tocar apenas em grandes festivais e estádios, essa foi uma oportunidade pra lá de única de ver um show gigantesco -- em estrutura e em execução -- tão de perto. E que bom, já que a fanbase brasileira da banda está esperando para ver um show completo dos caras há anos. Ponto para o Muse! Continua após a foto [caption id='attachment_344367' align='aligncenter' width='1200']
MUSE em SP-5

MUSE em SP-5

Tenho Mais Discos Que Amigos
Foto por Stephanie Hahne/TMDQA![/caption] Outro destaque foi 'Showbiz', música ausente dos setlists mais recentes do grupo e que, após uma campanha dos fãs brasileiros, foi tocada neste show. Ainda no set estavam sucessos como 'Uprising', 'Plug In Baby', 'Time is Running Out', 'Hysteria', 'Supermassive Black Hole', 'Madness', 'Starlight' e algumas mais recentes como 'Dig Down', 'Pressure', 'Thought Contagion' e mais. É seguro dizer que esse foi o melhor show que o grupo já fez no país até hoje, e o mais dedicado, também. Com estrutura completa -- até o monstro Murph, boneco gigante que aparece nos palcos da banda, estava lá! --, surpresa no setlist e a entrega que os membros mostraram nessa noite, fica evidente que o Muse tem uma consideração grande pelo seu público no Brasil. Que voltem logo! Confira fotos exclusivas abaixo e os setlists das apresentações. Setlist e fotos: Muse [gallery link='file' td_select_gallery_slide='slide' td_gallery_title_input='Muse em São Paulo' ids='344365,344375,344366,344377,344372,344369,344364,344368,344363,344370,344373,344374,344376,344378'] Algorithm (versão curta) Pressure Psycho Break It to Me Uprising Propaganda Plug In Baby Pray (High Valyrian) (Matthew Bellamy solo) The Dark Side Supermassive Black Hole Thought Contagion Interlude Hysteria Showbiz (com riff de 'Ashamed') The 2nd Law: Unsustainable Dig Down (versão acústica) Madness Mercy Time Is Running Out Houston Jam (trechos de 'Futurism', ' Unnatural Selection' and 'Micro Cuts') Prelude Starlight Algorithm Stockholm Syndrome / Assassin / Reapers / The Handler / New Born Knights of Cydonia Setlist e fotos: Kaiser Chiefs [gallery td_gallery_title_input='Kaiser Chiefs em São Paulo' link='file' td_select_gallery_slide='slide' ids='344362,344361,344360,344357,344358'] People Know How to Love One Another Everyday I Love You Less and Less The Factory Gates Ruby Hole in My Soul Record Collection Never Miss a Beat I Predict a Riot The Angry Mob Oh My God