Netflix, Apple, Facebook e outras gigantes cancelam ida ao SXSW por medo do coronavírus

Lançamento do documentário dos Beastie Boys pela Apple já não vai mais acontecer

SXSW 2020

SXSW 2020

Tenho Mais Discos Que Amigos
Divulgação A situação está complicada para o SXSW (South by Southwest), um dos mais importantes eventos de música e tecnologia do mundo que acontece em Austin, no Texas, neste mês. Empresas como Netflix, Apple, Facebook, Tik Tok, Twitter e várias outras gigantes estão cancelando suas idas ao festival por conta da epidemia de coronavírus. Só no Texas, 11 casos da doença já foram identificados -- nos Estados Unidos são mais de 130 casos, com 11 mortes no total. A Apple, por exemplo, estrearia no festival o documentário Beastie Boys Story, feito por Spike Jonze e que conta a história da banda. Todos os painéis e outras atividades da empresa, e também das outras companhias que não vão mais ao SXSW, estão cancelados. O evento afirmou que não vai cancelar a feira deste ano, que começa no dia 13 de março. Em contrapartida, um abaixo-assinado feito por moradores de Austin já reúne mais de 48 mil assinaturas pedindo para que o festival seja cancelado. Em seu site oficial, o evento declarou: O SXSW está trabalhando diariamente com agências locais, estaduais e federais para planejar um evento seguro. Como resultado desse diálogo e das recomendações da Austin Public Health, o evento 2020 prossegue com a segurança como uma prioridade. Os próximos dias até o evento ainda devem trazer mais notícias, então fique ligado. Brasil no SXSW Enquanto tudo está de pé, vale lembrar que o festival vai contar com uma noite de música brasileira com Céu, Tássia Reis e outras atrações. Saiba mais clicando aqui.