Saskia usa sons experimentais para falar sobre ativismo e revolta em “Pq”

Trap, distorções e sonoridade experimental são destaque no trabalho da gaúcha

Trap, distorções e sons experimentais se combinam com ironia, ativismo e revolta em Pq, disco de estreia da gaúcha Saskia. Com pré-produção de Negro Leo e Ava Rocha e produção musical de Renato Godoy e Mateus Miranda (Tabu), a artista mostra através de sons experimentais e também dançantes as suas vivências e considerações. Em nota, é explicado que o álbum trata sobre um mundo que é frio e calculista, mas no qual ainda dá pra requebrar. “Vim instituir o caos para institucionalizar o meu lugar. Pq veio fundir os 4 “por quês”, ou todos os porquês, de todas as perguntas”, completa. O disco foi selecionado pelo Natura Musical por meio do edital 2018 com financiamento da Lei de Incentivo à Cultura Pró-Cultura RS por meio da Secretaria de Estado da Cultura e do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Pq também é um lançamento do selo carioca QTV, focado em música experimental e independente. https://open.spotify.com/album/3znwocFQmfh6LdBH8oclUS?si=yrP0Fw53S3WdsWueiov79w

Clipe de Saskia Recentemente, a cantora lançou o clipe de “Tô Duvidando”, em parceria com Edgar. Entre beats e versos objetivos, a canção é uma provocação sobre as desigualdades sociais, sendo um dedo na ferida mal curada do preconceito. https://www.youtube.com/watch?time_continue=20&v=iHaiPUqcaX0