Trilha de Sexta 2 Forró do Circuladô de Fulô é destaque no Trilha de Sexta

Forró do Circuladô de Fulô é destaque no Trilha de Sexta

Programa também recebe a banda Balaio de Baião, revelação do Produtor Crystal, e o ator Hugo Carvalho, da novela Gênesis 

  • Trilha de Sexta 2 | Do R7 Conteúdo e Marca

Com 20 anos de carreira, a banda de forró Circuladô de Fulô canta seus maiores sucessos no Trilha de Sexta

Com 20 anos de carreira, a banda de forró Circuladô de Fulô canta seus maiores sucessos no Trilha de Sexta

Divulgação/ShowLivre

A 8ª edição Trilha de Sexta no R7, que vai ao ar nesta sexta (25), a partir das 19h, continua em ritmo de “arraiá”. Desta vez, o Circuladô de Fulô sobe no palco comandado por Jacky Petkovic e coloca todo mundo para dançar ao som do melhor do forró pé de serra.

A happy hour virtual do R7 conta com apoio da cerveja Crystal, patrocinadora do quadro Produtor Crystal, que ajuda a revelar grandes artistas independentes para o caminho da fama.

Já coloca uma cerveja Crystal no freezer e avisa o mozão que sexta tem bailão. Não perca!

Conheça a banda Circuladô de Fulô

A Circuladô de Fulô foi formada em São Paulo em 2000, mesmo ano de lançamento do primeiro CD pela gravadora EMI. Hoje, é uma das bandas que melhor representa a renovação do forró pé de serra.

Atualmente formada por Thiaguinho (vocal), Gustavo Bortoleto (zabumba) e Eduardo Wenceslau (guitarra e violão), a Circuladô tem 20 anos de estrada, cinco álbuns de carreira, um DVD e uma coletânea especial, em celebração aos 15 anos do grupo, lançada em 2018.

No Trilha de Sexta, a banda apresenta sucessos como “Águas Mansas”, “Loucuras de Amor” e “O Sol, a Lis e o Beija-Flor”. Naquele clima de resenha de happy-hour que a gente tanto gosta, os músicos relembram episódios inusitados, como um perrengue passado a caminho de Angra dos Reis (RJ).

De acordo com o grupo, a van alugada para viagem foi parada pela polícia rodoviária, que descobriu que os documentos do motorista e do veículo estavam irregulares. Por conta disso, tiveram de ficar à beira da estrada tocando forró até encontrar uma solução para chegar ao local do show.  

Essa descontração e leveza para encarar as dificuldades também tem ajudado a Circuladô de Fulô a enfrentar a pandemia, como explica o vocalista Thiaguinho: “A primeira pessoa que sente o que a música quer passar é o próprio artista. Então, se a música não bater no nosso próprio coração, ela dificilmente vai tocar as pessoas”, diz o artista. “A gente tá buscando transformar essas ideias, alegrias e frustrações em música”, acrescenta Thiaguinho.

Novos projetos
“Tem música nova com a participação do Mestrinho”, antecipa o percussionista Gustavo, referindo-se ao single com uma releitura de "Meu Desejo", clássico de Dominguinhos e Nando Cordel. Gravada num feat com o sanfoneiro Mestrinho, a música foi lançada há menos de um mês nas plataformas digitais.

O músico também revela que a banda está produzindo um projeto que promete dar o que falar. “Vai ser uma coisa inédita pro forró do nosso estilo. Umas quatro ou cinco horas de live. Vamos tocar de tudo, não vai ter só repertório do forró, vai ter mesclas. Estamos em processo de produção”, afirma Gustavo.

Por enquanto, essa live especial ainda não tem data confirmada. A dica para os fãs é seguir as redes sociais da banda e ficar por dentro das novidades desse projeto especial. Enquanto isso, a melhor pedida é curtir o som do Circuladô de Fulô no Trilha de Sexta.

Últimas