Música Turnês de Paul McCartney e Coldplay estão entre as mais lucrativas do mundo

Turnês de Paul McCartney e Coldplay estão entre as mais lucrativas do mundo

O músico britânico fatura mais de 7 milhões de dólares por cidade em que se apresenta; veja o restante da lista

Agência Estado - Política
Resumindo a Notícia
  • Paul McCartney e Coldplay têm as turnês mais lucrativas do mundo

  • O músico britânico fatura quase 8 milhões de dólares em cada cidade em que se apresenta

  • A banda arrecada quase 6 milhões de dólares por cidade em que faz shows

Paul McCartney tem a turnê mais lucrativa do mundo

Paul McCartney tem a turnê mais lucrativa do mundo

Reprodução/Instagram

A turnê de Paul McCartney está entre as mais lucrativas do mundo no momento: o músico britânico soma uma arrecadação de mais de US$ 7,8 milhões por cidade, seguido por Coldplay, com mais de US$ 5,9 milhões, e Ed Sheeran, com mais de US$ 5 milhões. Eles figuram na lista das 20 turnês de maior sucesso da Pollstar, com ganhos médios de mais de US$ 1 milhão por cidade.

Aqui estão as turnês mundiais mais lucrativas com receitas médias de bilheteria por cidade, para a semana de 8 de agosto. A lista é baseada em informações fornecidas à publicação comercial Pollstar por promotores de shows e gerentes de locais.

1- Paul McCartney: 7.853.391 dólares.

2- Coldplay: 5.994.126 dólares.

3 - Ed Sheeran: 5.072.228 dólares.

4 - Lady Gaga: 4.836.151 dólares.

5 - Def Leppard / Mötley Crüe: 4.774.758 dólares.

6- The Killers: 3.166.275 dólares

7- Kenny Chesney: 2.842.687 dólares.

8- Harry Styles: 2.498.384 dólares.

9- Dead & Company: 2.288.252 dólares.

10- Queen + Adam Lambert: 2.166.655 dólares.

11- Iron Maiden: 1.959.577 dólares.

12- Billie Eilish: 1.331.892 dólares.

13- My Chemical Romance: 1.070.612 dólares.

14 - Ricardo Arjona: 1.057.992 dólares.

15- Usher: 943.748 dólares.

16 - 50 Cent: 933.672 dólares.

17- Karol G: 869.449 dólares.

18 - Dua Lipa: 857.476 dólares.

19 - Machine Gun Kelly: 836.608 dólares.

20 - The Lumineers: 784.289 dólares.

Últimas