Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Nitro
Publicidade

Atlus revela novos detalhes do combate e exploração em Metaphor: ReFantazio

Faltando cinco meses para o lançamento de Metaphor: ReFantazio, a Atlus revelou detalhes sobre os vários locais-chave do jogo, a mecânica...

Outer Space|Do R7

Faltando cinco meses para o lançamento de Metaphor: ReFantazio, a Atlus revelou detalhes sobre os vários locais-chave do jogo, a mecânica social e o famoso sistema de combate híbrido entre ação e turnos do RPG.

Em um ano farto para os fãs dos JRPGs, que já rendeu jogos como Final Fantasy VII Rebirth, Like A Dragon Infinite Wealth, Eiyuden Chronicle: Hundred Heroes, Unicorn Overlord ou mesmo Persona 3 Reload, e ainda tem por vir Shin Megami Tensei V Vengeance, Visions of Mana, Ys X Nordics e vários outros, Metaphor: ReFantazio merece atenção especial pelo seu pedigree, já que é uma criação da equipe responsável pelos últimos três jogos aclamados da série Persona.

Embora herde o estilo artístico de Persona e a ideia de um sistema de combate híbrido, Metaphor: ReFantazio trará vários elementos novos ao gênero, a começar pelo sistema de batalha que a Atlus chama de Fast & Squad. Este “permite que jogadores lutem em masmorras de uma forma nunca antes vista nos confrontos por turno”.

“É possível alternar entre ação em tempo real com ataques diretos ao inimigo (Fast) e batalhas baseadas em comandos por turno (Squad)”, explica a produtora, que também detalha o “Fae Sight — Habilidade usada pela companheira do protagonista, a fada Gallica, para sondar os arredores e revelar o nível de perigo dos inimigos”.

Publicidade

“Com a habilidade, dá para ter uma noção da força dos monstros que te esperam nas masmorras, o que ajuda a decidir melhor a forma de combatê-los”, acrescentou a Atlus.

Para amenizar a burocracia no combate com inimigos de nível mais baixo, Metaphor apresentará o modo “Fast”, que “é uma maneira efetiva de enfrentar inimigos de nível baixo já derrotados anteriormente”.

Publicidade

“No campo de batalha, também é possível travar a mira, dar dashes e evadir. Aniquilar inimigos no modo Fast enquanto presta atenção nos ataques é uma forma confortável de prosseguir com a exploração das masmorras. Considerando que o estilo de ataque do modo Fast depende do Arquétipo equipado, encontrar um estilo específico de Fast que combine com seu gosto será importante para a progressão nas masmorras”, explica a produtora.

Enquanto isso, no “Squad” os inimigos indicados em amarelo e vermelho pela habilidade de Gallica, Fae Sight, se apresentam como ameaças mais perigosas, que não podem ser derrotados pelo modo “Fast”. Ainda assim, atacar o inimigo com o Fast pode resultar em um atordoamento da ameaça, resultando em um início de batalha de turno com vantagem.

Publicidade

Em Metaphor, as batalhas por turno podem ser realizadas com um grupo de até quatro pessoas. O número de membros em seu grupo aumenta para sete com a progressão na história, sendo possível criar uma variedade de combinações que utilizam totalmente os pontos fortes de cada personagem.

Batalhas por turno geralmente envolvem escolher as ações entre múltiplos comandos, mas em Metaphor os comandos são escolhidos com apenas toques nos botões, o que permite que o ritmo das lutas prossiga de forma mais rápida.

Ainda nas batalhas por turno, o protagonista pode se transformar em Arquétipos, cada um com as próprias habilidades especiais. Equipar tais Arquétipos com habilidades que miram na fraqueza dos inimigos permite ganhar vantagem nos confrontos. Lembrando que cada Arquétipo é único em suas forças e fraquezas, tendo pontos positivos e negativos.

“Com a dificuldade das batalhas tendo sido pensada para um nível mais elevado, a ênfase na tensão de selecionar e decidir qual será o próximo ataque gera um excelente sentimento de conquista, que acompanha a vitória”, promete a Atlus.

A Atlus também aproveitou a oportunidade para retornar à exploração, que deve ser mais aberta do que a observada anteriormente nos jogos Persona. Haverá assim masmorras opcionais, várias cidades para explorar, que também beneficiarão de centros de recrutamento cujo objetivo será oferecer várias missões secundárias para derrotar monstros de todos os tipos. As tabernas permitirão coletar informações sobre especialidades locais e adversários próximos.

E Metaphor: ReFantazio oferecerá mais uma vez a famosa dimensão social tão característica dos jogos Persona, este último oferecendo a possibilidade de desbloquear habilidades ou missões especiais.

Metaphor: ReFantazio estará disponível a partir de 11 de outubro no PS5, Xbox Series, PS4 e PC via Steam e Epic Games Store.

O post Atlus revela novos detalhes do combate e exploração em Metaphor: ReFantazio apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.