Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Nitro
Publicidade

Kojima descarta dirigir filmes por ser perfeccionista demais

Apesar de ter 70% do corpo formado por filmes, como declara em perfil no Twitter, o designer Hideo Kojima descartou mais uma vez...

Outer Space|Do R7

Kojima descarta dirigir filmes por ser perfeccionista demais
Kojima descarta dirigir filmes por ser perfeccionista demais Kojima descarta dirigir filmes por ser perfeccionista demais

Apesar de ter 70% do corpo formado por filmes, como declara em perfil no Twitter, o designer Hideo Kojima descartou mais uma vez a possibilidade de dirigir um filme.

Durante uma sessão de perguntas e respostas durante o evento de estreia do documentário “Hideo Kojima, Connecting Worlds” no Tribeca Film Festival em Nova York, Kojima foi novamente questionado pelo apresentador Geoff Keighley se ele gostaria de experimentar a direção de filmes. A resposta foi novamente negativa, e o designer desta vez explicou melhor o que tem afastado essa ideia de sua cabeça.

“Para mim, os filmes são especiais. E é tão especial que não posso fazer”, respondeu Kojima.

O criador de Metal Gear e Death Stranding então explicou que é “um perfeccionista” e que seus hábitos como diretor de jogos não funcionariam com filmes que têm tempos de resposta comparativamente mais curtos do que os jogos.

Publicidade

“Nos jogos, por mais que eu o faça perfeito, não acaba. Os filmes duram duas horas e tenho que misturar tudo, então acho que nunca vou terminar de fazer se começar a fazer um filme. Farei isso o dia todo”.

O perfeccionismo de Kojima é algo que os próprios gamers podem perceber ao conhecer seus jogos, mas também foi citado por pessoas que tiveram a oportunidade de trabalhar com o diretor. Quando a Konami decidiu terminar sua relação com a Kojima Productions em 2015, esta característica foi citada como um dos motivos que teriam provocado o rompimento, já que os executivos da editora estariam irritados com a demora na conclusão do desenvolvimento de Metal Gear Solid 5 e os caprichos do diretor.

Publicidade

Na ocasião, notícias dos bastidores indicaram que havia um conflito entre o perfeccionismo e a gastança de Kojima, que investia pesado nas super-produções de Metal Gear Solid para lançar jogos esporadicamente, e a mentalidade mais pragmática dos executivos da Konami, que viam mais oportunidades de lucro em jogos mais simples, baratos e lançados com regularidade, como os títulos para plataformas móveis e as atualizações de Pro Evolution Soccer (eFootball).

Depois de deixar a Konami, Kojima disse que recebeu “muitas ofertas” para dirigir filmes, mas agora que ele é o chefe de um estúdio de jogos, suas responsabilidades não permitem que ele deixe a equipe para trás para dirigir um filme. “Se eu fosse filmar e dirigir um filme, teria que sair do estúdio por cerca de um ano, e não posso fazer isso”.

Publicidade

No momento, Kojima está bastante ocupado com a produção de Death Stranding 2 e um jogo experimental, ainda não revelado, em parceria com a Microsoft.

O post Kojima descarta dirigir filmes por ser perfeccionista demais apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.