Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Microsoft considerou comprar a Sega, Bungie, IO e Supergiant

Um novo email incluído no julgamento do processo FTC vs Microsoft nos Estados Unidos revela que a Sega estava entre os alvos prioritários...

Outer Space|

Microsoft considerou comprar a Sega, Bungie, IO e Supergiant
Microsoft considerou comprar a Sega, Bungie, IO e Supergiant Microsoft considerou comprar a Sega, Bungie, IO e Supergiant

Um novo email incluído no julgamento do processo FTC vs Microsoft nos Estados Unidos revela que a Sega estava entre os alvos prioritários da Microsoft para fortalecer o Xbox após a Bethesda. Os estúdios Bungie, IO Interactive e Supergiant Games também estavam na lista de possíveis aquisições.

Datado de 10 de novembro de 2020 e endereçado à nata da Microsoft, incluindo o CEO Satya Nadella e a diretora financeira Amy Hood, o email assinado por Phil Spencer é um pedido formal para obter a autorização para iniciar as negociações com a Sega. “Acreditamos que a Sega construiu um catálogo bem equilibrado de jogos em diferentes segmentos com apelo geográfico global e nos ajudará a acelerar o Xbox Game Pass dentro e fora dos consoles”, escreveu Spencer no ocasião.

O objetivo do chefe do Xbox não era comprar todo o grupo Sega Sammy, mas negociar uma divisão para assumir apenas os estúdios de jogos da Sega, deixando de lado as máquinas caça-níqueis da Sammy e o segmento turístico que a Microsoft não teria interesse. “A Sega é a próxima aquisição mais atraente devido ao seu catálogo global de PCs, sua presença móvel na Ásia e a afinidade global da marca em consoles graças às suas licenças clássicas”, diz o email.

Enquanto isso, a Sega se tornou ainda mais interessante do ponto de vista da Microsoft desde que o grupo japonês fortaleceu sua presença móvel no ocidente com a aquisição da Rovio. Dito isso, um ano após este email, a Microsoft abriu as portas para uma oportunidade muito maior com a planejada aquisição da Activision Blizzard.

Publicidade

Não sabemos se a Sega continua a ser um dos alvos da Microsoft, sobretudo em caso de falha com a Activision Blizzard, mas é certo que a gigante americana e a editora japonesa têm boas relações, como atesta a forte presença da Sega na assinatura do Game Pass e a frequência de pequenos acordos de marketing, como o anúncio recente de títulos como Persona 3 Reload e Metaphor ReFantazio que só foram confirmados no PlayStation, Switch ou Steam alguns dias após o Xbox Games Showcase. De qualquer forma, a Sega ainda era um dos alvos da Microsoft em um documento interno datado de abril de 2021.

E a tradicional produtora japonesa não era a única ambição de Spencer: a Bungie (comprada pela Sony em 2022), IO Interactive, Supergiant Games, Paradox e até o Housemarque (comprada pela Sony em 2021), apareceram na lista de finalistas da Microsoft, junto de nomes fortes em mobile como a Zynga, Scopely, Niantic e Playrix.

Publicidade

Outro documento de 2021 visa mais vagamente uma lista de “desenvolvedores a serem observados”. Encontramos neste nomes como A44 (Ashen), Ember Lab (Kena: Bridge of Spirits), Hazelight Studios (It Takes Two), Hello Games (No Man’s Sky), Moon Studios (Ori and the Blind Forest) ou novamente Team Cherry (Hollow Knight).

Outerspace
Outerspace Outerspace
Outerspace
Outerspace Outerspace

O post Microsoft considerou comprar a Sega, Bungie, IO e Supergiant apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.