Entretenimento Pianista de Nova York se transforma em confeiteira de buquês na pandemia

Pianista de Nova York se transforma em confeiteira de buquês na pandemia

GENTE-PIANISTA-CONFEITEIRA:Pianista de Nova York se transforma em confeiteira de buquês na pandemia

Reuters - Entretenimento

Por Roselle Chen

NOVA YORK (Reuters) - Enquanto um Chopin desliza sem esforço dos dedos da pianista Navah Perlman Frost, um bolo de quatro camadas coberto com flores de creme de manteiga rosa e roxo está em sua cozinha em Nova York.

Frost, de 51 anos, filha do renomado violinista Itzhak Perlman, começou a ter aulas de piano aos 6 anos. Ela tocou profissionalmente por 35 anos no Carnegie Hall e no Lincoln Center, até o início da pandemia de Covid-19, dois anos atrás.

Com as apresentações suspensas, Frost iniciou aulas online de confeitaria, fazendo bolos para amigos e familiares porque "não havia nada melhor para fazer", disse ela. "Eu não achava que ia realmente acabar vendendo alguma coisa."

Suas flores de glacê parecem buquês frescos de rosas, peônias e tulipas ou imitam obras de arte como "Íris" de Vincent van Gogh.

"Sempre adorei ver coisas bonitas", afirmou Frost, acrescentando que se formou em História da Arte.

A pedido de amigos e familiares, ela publicou fotos de seus doces no Instagram que, em dezembro de 2020, se transformaram em uma pequena empresa, com preços de bolos variando de cerca de 80 a 200 dólares.

À medida que os casos de Covid-19 diminuem e a vida volta ao normal, Frost pode não retornar ao palco.

"Há uma parte de mim que está gostando tanto disso que eu odiaria parar de fazer isso", disse ela. "Isso é quase expressivo de maneira semelhante à música... Estou gostando desse tipo de sentimento de criação."

Últimas