Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Podcaster Joe Rogan se desculpa por usar linguagem imprópria

Rogan entra em nova polêmica dias após ser criticado pelo roqueiro canadense Neil Young

Entretenimento|Da AFP com R7


O podcaster Joe Rogan
O podcaster Joe Rogan

O renomado podcaster norte-americano Joe Rogan pediu desculpas neste sábado (5) por ter usado linguagem racista, e admitiu que o Spotify, principal distribuidor de seu programa (The Joe Rogan Experience), havia removido alguns dos episódios mais ofensivos.

"Minhas mais sinceras e humildes desculpas", diz Rogan em uma publicação de quase seis minutos no Instagram, observando que foi "a coisa mais lamentável e vergonhosa que tive que expressar publicamente".

O podcaster de 54 anos reconheceu que o Spotify tirou do ar um episódio de seu podcast no qual ele mencionou um filme ambientado em um bairro negro dizendo que "era como se estivéssemos no Planeta dos Macacos", referência aos filmes de sucesso que mostram a Terra e os humanos dominados pelos símios.

O jornal New York Times informou hoje que até 70 episódios do podcast The Joe Rogan Experience haviam sido removidos do Spotify. A plataforma não respondeu ao pedido de comentário feito pela AFP.

Publicidade

Rogan reconheceu que seu uso da palavra "nigger" (um termo ofensivo para se referir a uma pessoa negra) por 12 anos "é horrível". "Inclusive para mim", disse.

As ações do Spotify tiveram uma queda acentuada na bolsa na última quinta-feira, em meio à controvérsia envolvendo o programa de Rogan, que tem 11 milhões de ouvintes.

Publicidade

NEIL YOUNG X ROGAN

O roqueiro Neil Young, um dos mais famosos e reconhecidos do gênero, se manisfetou publicamente contra Rogan e ameaçou retirar suas músicas do serviço de streaming caso o podcast de Rogan não fosse tirado do ar. Young alegou que o podcaster espalhava informações erradas e falsas sobre a Covid-19. Em um texto, o cantor escreveu: "Quero que vocês [seus advogados] avisem o Spotify imediatamente HOJE que quero todas as minhas músicas fora da plataforma deles... Eles podem ter Rogan ou Young. Não os dois".

O resultado disso é que as músicas de Young saíram do Spotify, já que o serviço decidiu manter Rogan, mas também provocou mudanças no serviço de streaming. Daniel Ek, fundador e presidente da plataforma de música, anunciou que vai colocar links em todos os podcasts que falem sobre o covonavírus levando as pessoas para notícias verídicas e comprovadas cientificamente.

Assim, agora Rogan já tem duas grandes polêmicas — racismo e desinformação — dentro do Spotify nas últimas semanas.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.