Pop Produtor Ian Levine vende royalties de músicas do "Take That" para One Media

Produtor Ian Levine vende royalties de músicas do "Take That" para One Media

MUSICA-LEVINE-VENDE-ROYALTIES:Produtor Ian Levine vende royalties de músicas do "Take That" para One Media

Reuters - Entretenimento

(Reuters) - O compositor e produtor britânico Ian Levine vendeu sua parte dos royalties de algumas faixas do grupo pop inglês "Take That" para One Media iP Group, informou a editora e distribuidora de música na segunda-feira.

Além dos royalties de faixas do álbum de estreia da banda, incluindo "A Million Love Songs" e "I Found Heaven", a One Media disse que também comprou royalties do produtor de duas outras faixas do "Take That" que nunca foram lançadas.

Os produtores musicais geralmente ficam com uma porcentagem das vendas do álbum ou das músicas de um artista, conhecida como royalties do produtor.

A pandemia de Covid-19 praticamente eliminou os ganhos com shows ao vivo e uma lista crescente de profissionais tem buscado monetizar seus trabalhos anteriores. Bob Dylan vendeu seu catálogo, assim como Shakira e Neil Young.

O acordo da One Media foi concluído por meio de seu programa de liberação de ativos Harmony IP, disse a empresa, que permite aos detentores de direitos musicais acessar os ganhos futuros de sua propriedade intelectual comprando uma parte de seus direitos antecipadamente.

"Take That", cuja formação original também contava com Robbie Williams e Jason Orange, teve internacionalmente 56 lideranças de singles e 39 de álbuns.

(Reportagem de Indranil Sarkar e Pushkala Aripaka em Bengaluru)

Últimas