Teatro alemão mostra como ficarão as poltronas no pós-pandemia

A Berliner Ensemble, companhia de teatro alemão fundado por Bertold Brecht, se prepara para a reabertura do seu teatro nas próximas semanas

Berliner Ensemble enfrentará coronavírus com menos poltronas

Berliner Ensemble enfrentará coronavírus com menos poltronas

Reprodução Instagram

Equipamentos culturais de países que já passaram do período mais intenso da pandemia já repensam em como reabrirarão e conseguirão, ao mesmo tempo, manter o distanciamento entre os frequentadores.

A Berliner Ensemble, companhia alemã fundada por Bertold Brecht, publicou uma foto que mostra como será a disposição das poltronas nessa nova fase para evitar que o coronavírus se espalhe.

Na imagem, assentos individuais e para casais ficam separados uns dos outros por cerca de 1m, o que também reduz drasticamente a capacidade dos teatros.

A foto do Theater am Schiffbauerdamm, onde atualmente a Berliner Ensemble atua, surpreendeu os seguidores do perfil, que ao mesmo tempo que comemoraram a possibilidade de reabertura, ficaram impressionados com a foto.

No Brasil, ainda não há previsão de retomada e o país pode ser um dos últimos países a liberar os eventos culturais,