Tom Hanks e esposa Rita Wilson são confirmados com coronavírus na Austrália

Por Dan Whitcomb

(Reuters) - O ator vencedor do Oscar Tom Hanks e sua esposa, Rita Wilson, tiveram um teste positivo para coronavírus na Austrália, informou o próprio artista no Twitter.

Hanks disse que ele e a mulher, ambos com 63 anos, foram testados na Austrália, onde ele está trabalhando em um filme, depois que ambos se sentiram cansados, doloridos e com febre leve.

"Para fazer as coisas direito, como é necessário no mundo agora, fomos testados para o coronavírus e foram resultados positivos", disse Hanks.

O ator é a primeira grande celebridade norte-americana conhecida a contrair o Covid-19. O coronavírus já infectou mais de 1 mil pessoas nos Estados Unidos.

Hanks viajou para a Austrália para começar a filmar um próximo filme sobre Elvis Presley. Ele está escalado para interpretar o empresário de Presley, o coronel Tom Parker, na produção da Warner Bros.

"Fomos informados de que um membro da empresa de nosso longa-metragem de Elvis, que está atualmente em pré-produção em Gold Coast, na Austrália, testou positivo para Covid-19", disse a Warner Bros em comunicado.

"Estamos trabalhando em estreita colaboração com as agências de saúde australianas apropriadas para identificar e entrar em contato com qualquer pessoa que possa ter entrado em contato direto com o indivíduo".

O comunicado da Warner Bros não mencionou Hanks.

"As filmagens biográficas de Elvis foram encerradas. Entendo que serão 14 dias de quarentena e testes e... nosso coração está com Tom e sua esposa", disse Tom Tate, prefeito de Gold Coast, em entrevista coletiva.

(Reportagem de Dan Whitcomb e Byron Kaye)