Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Melhor Não Ler
Publicidade

Nova regra jornalística: usar a palavra “mas” para todas as boas notícias

Para cumprir a ordem do “quanto pior melhor”, nova regra obriga que se use um “mas” para contrapor qualquer notícia boa

Melhor Não Ler|Do R7

Que todas as profissões têm suas dificuldades, todos nós sabemos. Porém, ser jornalista ultimamente tem sido um fardo muito pesado. Isso porque deve ser horrível se ver obrigado a dar boas notícias nos dias de hoje quando muitas redações mandam seus repórteres falarem mal de tudo o que é bom e falar bem de tudo o que não presta.

É por isso que uma nova regra foi implantada, fazendo com que esse fardo pesado ficasse um pouco mais fácil de carregar. Agora, para todas as notícias boas, basta colocar um “mas” e inventar um contraponto qualquer. Exemplos:

“Governo reduz IPI pela primeira vez na história, mas isso representa menos dinheiro nos cofres públicos”.

A conjunção coordenativa "mas" acaba dando caráter negativo
A conjunção coordenativa "mas" acaba dando caráter negativo A conjunção coordenativa "mas" acaba dando caráter negativo

Tudo bem que os nossos cofres estão mais abarrotados do que os do principado de Mônaco, enquanto temos serviços públicos padrão Zâmbia de qualidade, “mas”, ninguém pode negar que a palavrinha mágica da nova regra dá aquele caráter negativo que tanto queremos!

Publicidade

“Brasil é um dos poucos países do mundo cujo PIB cresceu nos últimos anos, mas isso não quer dizer que estamos bem”.

Não importa que quase nenhum país cresceu, o que vale mesmo é que brasileiro que torce contra não pode ter um dia triste.

E claro que, além do “mas”, também ganhará estrelinha todo aquele que enxertar termos que evitem qualquer comemoração, como: “despiora”, “descai” e “estelionato eleitoral”. Enfim, pode parecer que o Brasil esteja se mantendo firme mesmo depois de dois anos de pandemia, “mas” é preciso lembrar que para cair basta estar de pé, não é mesmo?

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.