Entretenimento Quadrinistas israelenses retratam vida na quarentena com bom humor

Quadrinistas israelenses retratam vida na quarentena com bom humor

Exposição virtual 'Quadrinhos em tempos de Corona' está disponível no site do Museu Judaico de SP e pode ser acessada até 30 março de 2021

O Museu Judaico de São Paulo acaba de lançar a exposição virtual "Quadrinhos em tempos de Corona". O público pode acessar o trabalho de dez artistas israelenses que retrataram, em desenhos, a rotina da quarentena de forma bem-humorada. Além disso, a exposição reflete o impacto causado pelo novo coronavírus na vida de cada um dos quadrinistas.

A iniciativa é uma parceria  da Embaixada de Israel em Brasília, com o Consulado de Israel em São Paulo.

"Você vai se identificar e perceber que cada um enfrenta como pode o problema e estamos todos conectados. Apesar do contexto de tamanha insegurança, a arte segue demonstrando sua capacidade de trazer renovação", declarou o embaixador de Israel, Yossi Shelley.

Artistas retrataram quarentena em desenhos

Artistas retrataram quarentena em desenhos

Reprodução/Site Novo Museu Judaico SP

O Cônsul de Israel em São Paulo, Alon Davi, engrossou o coro e apontou: "Refletir um humor genuíno no período da quarentena é um desafio, mas os artistas israelenses conseguiram mostrar um ângulo diferente desse momento tão cheio de instabilidades".

Para o presidente do Museu Judaico de São Paulo, Sergio Simon, mesmo diante de momentos difíceis, o ser humano é capaz de se expressar através da criatividade e bom humor. "Este humor, característico da vida judaica através dos tempos, torna-se vital para levar a mensagem positiva de um futuro melhor", afirmou.

Entre os artistas, estão nomes como Ilana Zeffren, Michel Kichka, Ilanit Shamia, Roni Nova. A exposição virtual já está disponível no site do Museu e pode ser acessada até 30 março de 2021.

Últimas