Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Cão leva chute de tutor, fica com a cabeça inclinada e é resgatado por instituição

Os voluntários encontraram o cachorro, de apenas 4 meses, preso a uma corrente de estrangulamento de metal

RPet|Do R7

Duke, de 4 meses, foi resgatado após levar um chute e ficar com a cabeça inclinada para a direita
Duke, de 4 meses, foi resgatado após levar um chute e ficar com a cabeça inclinada para a direita Duke, de 4 meses, foi resgatado após levar um chute e ficar com a cabeça inclinada para a direita

Um cão com menos de 4 meses de vida, chamado Duke, teve que reaprender a viver. Ele foi resgatado pela Sociedade para a Prevenção da Crueldade contra os Animais da Pensilvânia, nos Estados Unidos, após uma denúncia de um vizinho por maus-tratos. Assim que os voluntários chegaram à residência, encontraram o pet em condições nada confortáveis e com uma lesão permanente.

Conforme a instituição, que realizou o resgate, contou em suas redes sociais, "um vizinho relatou ter observado um cachorro na propriedade com o pescoço e a cabeça torcidos, além das patas traseiras que não funcionavam".

Durante a visita do grupo à casa da família, foi exposto que uma das crianças teria ficado brava e chutado o animal no pescoço. As pessoas da casa não o levaram ao veterinário e deixaram que Duke "se recuperasse sozinho".

"Ele foi encontrado usando uma corrente de estrangulamento de metal, com apenas 4 meses de idade", escreveram.

Publicidade

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Os voluntários explicaram que a cabeça do pet permanece inclinada para a direita e quando ele anda também tende a essa direção. "Ocasionalmente, ele tropeça. E é claro que, às vezes, seu cérebro e seu corpo têm dificuldade em se comunicar um com o outro", detalharam.

Publicidade

Agora, Duke recebe monitoramento veterinário e está em tratamento com medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos. Além disso, ele também tem feito radiografias de sua coluna e crânio para que os profissionais possam entender e analisar de perto a condição do animal.

A instituição que salvou o bicho compartilhou nas redes que, apesar da inclinação da cabeça e de andar com certa dificuldade, Duke está feliz. "Ele é adorável. Coloca a cabeça nas suas mãos ou no seu colo e só quer ser amado", concluiu.

Veja:

VEJA TAMBÉM:Comédia na vida selvagem: veja os cliques que disputam a final do divertido prêmio

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.