Logo R7.com
Logo do PlayPlus
RPet
Publicidade

Dia Mundial do Polvo: boa memória, neurônios nos tentáculos e mais curiosidades desse molusco

A data tem o objetivo de difundir conhecimento, promover a conservação do habitat e evitar a pesca excessiva

RPet|André Barbeiro *, do R7


Os polvos possuem nove cérebros, um central e os outros em cada tentáculo
Os polvos possuem nove cérebros, um central e os outros em cada tentáculo

O Dia Mundial do Polvo é neste domingo (8) e visa difundir o conhecimento sobre esses bichos, promover conscientização para conservar seu habitat e evitar a pesca excessiva. Esses animais, que são considerados os invertebrados mais inteligentes — porque possuem um cérebro central e oito paralelos, um em cada tentáculo —, são protagonistas de curiosidades surpreendentes; conheça algumas.

Vitor Filiputti, professor, biólogo e administrador do canal Pido Biologia, comenta que os polvos são mestres na camuflagem. "Além de poderem mudar a coloração de sua pele, adquirindo o aspecto de onde estão, eles também conseguem alterar sua textura, aumentando a capacidade de se misturar ao meio", ilustra.

O professor conta também que os polvos possuem uma memória invejável, porque são capazes de guardar caminhos que percorreram, locais que foram e até rostos.

Lucas Jaques de Oliveira, também biólogo e especialista em ciências da natureza, afirma que o espirro de tinta dos polvos é feito quando eles se sentem ameaçados, mas tem uma característica especial. "Eles podem dosar a quantidade de tinta que liberam, dependendo da necessidade de escapar das situações."

Publicidade

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia no Telegram

Segundo o biólogo, esses bichos têm uma visão excelente e conseguem enxergar muito bem as cores e detectar a polarização da luz.

Publicidade

Além disso, os especialistas comentam que os tentáculos dos polvos — onde estão 70% dos seus neurônios — têm ventosas, usadas para agarrar objetos. "Eles pensam com os tentáculos e se comunicam sem que a informação tenha que passar pelo cérebro central", finaliza Filiputti.

Alarme de terremoto e gravidez de 22 meses: no Dia Mundial do Elefante, conheça curiosidades desses animais

*Sob a supervisão de Thaís Sant'Anna

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.