Logo R7.com
Logo do PlayPlus
RPet
Publicidade

Licença PETernidade: entenda a iniciativa e saiba os benefícios

O projeto foi criado em 2021 e empresas do ramo de animais domésticos, de telefonia e até corporações globais já aderiram

RPet|André Barbeiro*, do R7


Licença PETernidade faz bem ao animal?
Licença PETernidade faz bem ao animal?

No Dia dos Pais, celebrado neste domingo (13), os "pais de pet" também são lembrados. Por causa de sua importância e do número de pessoas que resolvem ser tutores de um bicho, foi criada a licença PETernidade, um projeto que tem o objetivo de incentivar e promover a adoção responsável de bichos, por parte dos colaboradores das corporações que aderiram ao projeto. Esse benefício recebeu o apoio de algumas empresas para garantir a qualidade de vida e o bem-estar dos novos integrantes da família, além de proporcionar maior tranquilidade para a rotina dos tutores. 

Neste contexto, os recentes "pais de pet" podem tirar alguns dias de folga para ficar com o animal e conseguir criar mais afinidade com ele. A duração varia conforme o regulamento da instituição que aderiu à prática.

A empresa que criou essa iniciativa foi a rede de pet shop Petz, em 2021, que pede que sejam dados pelo menos dois dias de folga aos colaboradores para que o bicho se familiarize com o novo ambiente.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia no Telegram

A licença PETernidade ganhou apoiadores pelo Brasil, entre eles estão corporações do ramo de animais domésticos, uma global e até uma de telefonia.

Publicidade

Afinal, a licença PETernidade faz bem ao animal?

Camyla Lima Santos, médica-veterinária, explica, ao RPet, que a licença PETernidade é bem útil para a relação dos animais com seus tutores. "Muitas vezes, os animais adotados vêm de resgates ou maus-tratos, já com traumas e muito medo. Esses primeiros dias são muito importantes criar um vínculo de confiança e para que ele se sinta mais seguro", avalia.

Ela diz que a presença recorrente dos "pais de pet" nos momentos iniciais facilita na adaptação e reduz o nível de ansiedade do bicho. Segundo Camyla, algumas empresas têm esse benefício não só para incentivar a adoção e ajudar na adaptação do cão ou gato em casa, mas também quando ele precisa de ajuda hospitalar.

Publicidade

"Existe também alguns lugares que dão licença PET para quando o animal está doente. Então, a pessoa tira um dia ou dois, desde que o médico faça um relatório do atendimento e determine que o animal fique sob supervisão em casa", ensina.

Veterinária salva animais que perderam partes do corpo com próteses de bicos e rodinhas

*Sob a supervisão de Thaís Sant'Anna

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.