Logo R7.com
Logo do PlayPlus
RPet
Publicidade

Safadeza ou desobediência? Entenda por que gatos jogam objetos no chão

A veterinária Michele Matsubara explica o comportamento dos felinos e diz que eles não compreendem o 'não' dos tutores

RPet|Thaís Sant'Anna, do R7


Gato derruba copo de mesa
Gato derruba copo de mesa

É muito comum nas redes sociais viralizarem vídeos de gatos, que aparecem derrubando objetos de uma mesa ou estante no chão. Com uma carinha de que querem aprontar, os felinos vão com a pata, geralmente bem devagar, empurrando algo até o objeto cair e não parecem se importar com as broncas de seus tutores.

Mas, ao contrário do que parece, com esse gesto o felino não tem o intuito de ser irônico e desobediente nem ele faz isso pelo prazer de ver algo se espatifando no chão. Na verdade, é um comportamento natural da espécie felina e serve como uma brincadeira que os treina para a caça.

“Isso acontece porque derrubar o objeto é um pedido de atenção. E quando o tutor corresponde dizendo não, ou se levantando para impedir o gato, ele está fazendo justamente o que o gato quer: dando atenção àquela atividade”, explica Michele Matsubara, veterinária comportamentalista e sócia-fundadora da Gatolândia Resort.

Além disso, a maneira como o gato empurra o objeto — geralmente arredondado, leve ou que faz barulhinhos interessantes —, bem devagar, como se estivesse provocando seu tutor, também tem uma razão específica. “Nesses casos em que o gato derruba objetos enquanto mantém contato visual com seu tutor, ele o faz por busca de atenção. Geralmente quando estão entediados ou frustrados”, diz Matsubara.

Publicidade

Há como evitar ou mudar esse comportamento?

É importante ressaltar que, ao contrário do que se pensa, os gatos não compreendem nossa língua, portanto dizer não para um comportamento que, para ele, é recompensador, será em vão.

Publicidade

“Os tutores devem ter como prática ignorar os comportamentos indesejados e recompensar os desejados. Assim sendo, vale se antecipar ao momento em que o gato costuma derrubar objetos, pois geralmente isso acontece num mesmo horário ou contexto, e atender às necessidades de atividades de rotina dele”, ensina Matsubara.

Ela instrui que o gato deve ter uma rotina adequada de brincadeira, de duas vezes ao dia por cerca de 10 a 20 minutos. Atividades de enriquecimento cognitivo e interações sociais previsíveis tendem a dispensar esse tipo de comportamento.

“Brincar com varinha (a flying cat), lutar com pelúcias próprias e tabuleiros de quebra-cabeça ou outras atividades de forrageamento, como caçar petiscos escondidos em brinquedos, pela casa ou em bolinhas próprias para isso”, ilustra.

Elenco da Record TV mostra os seus pets que esbanjam fofura

" gallery_id="642ed00ec012ad5dde000c79" url_iframe_gallery="rpet.r7.com/safadeza-ou-desobediencia-entenda-por-que-gatos-jogam-objetos-no-chao-18042023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.