Logo R7.com
Logo do PlayPlus
RPet
Publicidade

Tosador bomba na web fazendo transformações inusitadas nos pets 

Gabriel Feitosa acumula 1,6 milhão de seguidores nas redes sociais ao exibir animais coloridos e muito estilosos

RPet|Marcela Virgulino*, do R7


Gabriel Feitosa é referência para tosadores que almejam trabalhar no ramo
Gabriel Feitosa é referência para tosadores que almejam trabalhar no ramo

Já pensou em transformar seu pet em um dos seus personagens favoritos? Essa é uma das especialidades do tosador Gabriel Feitosa, que usa e abusa de cortes diferentes e estilosos e cores em seu trabalho. Os penteados caíram no gosto do público e o tosador já acumula 1,6 milhão de seguidores no Tik Tok e alguns vídeos ultrapassam 5 milhões de curtidas.

Morando há sete anos nos Estados Unidos, mais precisamente em San Diego, Feitosa lembra como resolveu entrar para o mundo dos pets. "Comecei a trabalhar com cães aos 12 anos quando morava em Ferraz de Vasconcelos (SP). Levei o cachorrinho da minha irmã para o banho e tosa e achei incrível o que a tosadora fazia. De cara, fiquei apaixonado pela profissão e quis aprender tudo sobre cães."

O tosador conta que recebeu convite para ser assistente e treinar com um handler (pessoa que apresenta cães de exposição) que ele admirava muito. "Na época, eu não sabia quanto tempo ia durar, mas agarrei a oportunidade, trouxe meus cães para Califórnia e dois anos depois abri meu próprio negócio", conta Feitosa. "No começo ninguém acreditava que essa era uma carreira para a vida toda; hoje em dia, dou aulas no mundo todo."

Pintura

Cabras já passaram pelas mãos de Feitosa
Cabras já passaram pelas mãos de Feitosa

Além dos cachorros, a sua especialidade, com tosas inusitadas e muita cor, Feitosa também se arrisca a pintar outros animais, como cabras.

Publicidade

"Eu já participava de competições de tosa criativa no Brasil e já usava tintura para pets, na época tinha que comprar fora do país", lembra.

O que mudou agora é que Feitosa usa a coloração para promover uma verdadeira transformação nos animais. "Estilistas e cabeleireiros renomados fizeram história ao imaginarem como a moda poderia ser no futuro e é isso que gosto de pensar: como será o cachorro do futuro?'."

Publicidade

Saúde dos pets

"Tudo o que é utilizado no processo de transformação produzido especialmente para o uso em animais, fazemos tintura todos os dias e nunca tivemos problemas", diz. "Meu cachorro, Kronos, tem 10 anos, desde os três anos eu uso cor nele e ele sempre esteve saudável, só visita o veterinário para renovar as vacinas."

A coloração não sai com água — não mancha roupas, nem móveis — e após três ou quatro meses, com o pelo crescido, o animal pode ser tosado novamente e mudar seu estilo, se o tutor desejar. "Um cão com crescimento de pelagem contínua como shih-tzu, poodle ou yorkshire, por exemplo, podem ter de três a quatro transformações diferentes por ano. Um cão de pelagem curta como pug, bulldog ou pinscher o design pode durar entre oito e nove meses porque o pelo precisa se renovar completamente, não podemos cortar."

*Estagiária do R7 sob supervisão de Karla Dunder.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.