Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Tudo de Entretenimento – Acompanhe o melhor da Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Exposição na sede do Governo de SP retrata a força do povo brasileiro

A exposição “São Paulo: Povo, Terra e Trabalho” conta com mais de 100 obras. Confira abaixo 5 pinturas que você pode conferir gratuitamente

Tudo de Entretenimento|Do R7

A exposição está aberta ao público de segunda a sexta, das 10h às 16h, e aos sábados às 10h ou às 14h. A visitação só é liberada por meio de agendamento obrigatório pelo e-mail monitoria@sp.gov.br Divulgação

Pinturas como “Operários”, de Tarsila do Amaral, “Casal Brasileiro”, de Alex Flemming, e “Semeadura” e “Colheita”, de Clóvis Graciano, entre outras obras relevantes para a arte brasileira, fazem parte da exposição “São Paulo: Povo, Terra e Trabalho”, em cartaz desde abril no Hall Nobre do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, na Zona Sul da capital. A entrada é gratuita.

São mais de 100 obras icônicas que contam a história de São Paulo e do Brasil, retratando a riqueza da nossa história e a força do povo brasileiro. Os quadros, objetos históricos e mobiliário expostos são do Acervo Artístico-Cultural dos Palácios do Governo.

O evento dá início a um novo momento dos museus dos palácios estaduais para aproximar ainda mais a população desses espaços, de acordo com a organização da mostra.

A exposição também conta com três artistas convidados, abrindo espaço para que as novas gerações contem suas histórias e mostrem as possibilidades da arte contemporânea. A poética de Helô Sanvoy debate questões sobre o trabalho a partir dos ciclos econômicos brasileiros, como a extração do pau-brasil; as obras de Aislan Pankararu reverberam grafismos e pinturas tradicionais do povo Pankararu; e Tico Canato leva para o palácio a linguagem urbana da capital paulista por meio do grafite.

Publicidade

A mostra também comemora os 59 anos do Palácio dos Bandeirantes, que se tornou a sede do Governo de São Paulo em 1965 e abarca hoje as funções administrativas da gestão paulista, além de ser a residência oficial do governador e museu aberto à visitação desde 1977. Clique aqui e saiba mais.

Confira abaixo 5 obras que você pode conferir na exposição:

Publicidade
Tarsila do Amaral (Capivari/SP, 1886– São Paulo/SP, 1973). Operários, 1933. Óleo sobre tela
Alex Flemming. São Paulo/SP, 1954. Casal brasileiro, 2000. Acrílica e serigrafia sobre tela
Clovis Graciano (Araras/SP, 1907 – São Paulo /SP, 1988). Colheita, 1959 - Óleo sobre tela
Vicente do Rego Monteiro (Recife/PE, 1899-1970). O Tênis, 1928. Óleo sobre tela
Tico Canato (Rafael Canato). (Santo André/SP, 1983). Cotidiano, 2024. Técnica mista. Coleção do artista

Serviço:

A exposição está aberta ao público no Hall Nobre do Palácio dos Bandeirantes (Avenida Morumbi, 4.500 - Portão 2) de segunda a sexta, das 10h às 16h, e aos sábados às 10h ou às 14h. A visitação só será liberada por meio de agendamento obrigatório pelo e-mail monitoria@sp.gov.br.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.