Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Viva a Vida
Publicidade

Mulher com as unhas mais longas do mundo não consegue mais dirigir nem se vestir

Diana Armstrong, dos Estados Unidos, não corta as unhas desde 1997, quando viveu um trauma

Beleza|Do R7


Diana Armstrong não corta as unhas desde 1997
Diana Armstrong não corta as unhas desde 1997

Diana Armstrong entrou para o Guiness, o livro dos records, com as unhas mais longas do mundo. Natural de Minnesota, nos Estados Unidos, ela deixou de cortar as unhas de 1997, após a morte de uma das filhas. Atualmente, a unha mais longa da recordista já ultrapassa 1 metro de comprimento.

A unha mais longa de Diana é a do dedão da mão direita, que mede 1,38 metro. Já a unha mais curta é a do dedinho da mão esquerda, mas mesmo assim ela já tem mais de 1 metro, precisamente 1,09 metro.

Com todo esse comprimento de unhas, há várias tarefas do dia a dia que a americana não consegue mais realizar. Diana contou ao Guiness que não não consegue pegar notas de dinheiro ou moedas que deixa cair no chão, por exemplo. Ela também disse que tem dificuldade para usar banheiros públicos, pois as unhas dela não cabem nas cabines de tamanho regular, apenas nas maiores, destinadas a pessoas com deficiência.

Além desses desafios, Diana enfrenta dificuldade para se vestir. "Não consigo fechar o zíiper da minha calça ou jaqueta. Consigo abrir uma lata de refrigerante, mas preciso de uma faca para fazer isso. Eu dirigia meu carro, mas precisava colocar minha mão para fora da janela, então não dirijo mais", conta.

Publicidade

Faz mais de 25 anos que a recordista não corta as unhas; ela parou de fazê-lo após a morte da filha Latisha, que tinha 16 anos. A jovem morreu em decorrência de uma crise de asma enquanto dormia. No dia anterior ao da sua morte, ela havia pintado a unha da mãe.

"Aquele foi o pior dia da minha vida. Um dia antes ela passou um tempo pintando e lixando as minhas unhas. Então, depois disso, não consegui mais cortar minhas unhas. Não contei a ninguém o porquê. Até meus filhos nunca souberam o motivo, porque guardei para mim por anos. Minhas unhas são uma parte de mim, então não consigo nem imaginar cortar", lembra.

Publicidade

Diana conta que não vai a um salão de beleza há 22 anos, pois as manicures se recusam a fazer as unhas dela. Ela diz que são os netos quem pintam e lixam as unhas para ela, mas que só faz isso de tempos em tempos.

"Faço as unhas a cada quatro ou cinco anos e gasto de 15 a 20 frascos de esmalte. Eu as pintei na semana passada e demorou quatro dias", detalha.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.