Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Queda de cabelo: conheça dicas práticas para adotar no dia a dia que podem evitá-la

Especialistas elencam fatores que podem contribuir para o enfraquecimento dos fios e ensinam como cuidar

Beleza|Mariana Morello, do R7

Veja dicas para evitar a queda de cabelo
Veja dicas para evitar a queda de cabelo Veja dicas para evitar a queda de cabelo

A queda de cabelo é uma questão comum que afeta muitas pessoas. Esse é um problema completo e multifatorial, ou seja, existem várias causas para acontecer, incluindo fatores genéticos, hormonais, Covid-19, estresse, má alimentação, doenças crônicas, efeitos colaterais de medicamentos, emagrecimento, entre outros. Para ajudar na missão de entender e combater a perda dos fios, o R7 conversou com dois especialistas.

O dermatologista Matheus Kasai e a endocrinologista Paula Fabrega começam explicando que queda de cabelos é normal, por serem células com alto fluxo de renovação. "Pode parecer assustador, mas é normal caírem de 100 a 150 fios por dia", explica Matheus. O valor pode ser difícil de quantificar, por isso, é importante prestar atenção no volume de fios que caem pela casa, no travesseiro, no chão de banheiro e até mesmo durante a lavagem, percebendo se houve aumento na quantidade quando comparada a habitual.

Dra. Paula explica que o problema começa a ser mais sério quando os cabelos caem e não crescem mais, dando origem às temidas falhas. "Isso pode ser um sintoma de uma doença endocrinológicas, e um fator importante na identificação da causa é a distribuição das falhas na cabeça. É algo importante, por exemplo, quando as falhas são por todo o cabelo. Isso indica que é algo mais sistêmico, como é o hipotiroidismo. Ou uma deficiência de vitamina", conta.

Outro indicativo de problema hormonal é quando ocorre uma calvície, com falhas na parte da frente da cabeça, principalmente em mulheres. “Pode ser sintoma do aumento de testosterona no corpo, causado por uma desregulação da parte hormonal sexual como, por exemplo, a síndrome dos ovários policísticos”, explica a endocrinologista.

Publicidade

Mas o importante é uma vez que o aumento na perda dos fios é detectado, deve-se buscar o motivo, que podem ser internos — como elencados acima — ou externos. Visto isso, Matheus Kasai dá algumas dicas práticas. Veja:

- Na hora de passar secador, chapinha ou babyliss, sempre use protetor térmico. Ele é essencial, porque evita com o que fio se danifique e fique fraco e quebradiço.

Publicidade

- Evite dormir com o cabelo preso ou molhado. Essas são condições propícias para a proliferação de fungos, que pode ser prejudicial para a saúde dos fios. "O cabelo preso por muito tempo fica marcado e os fios podem arrebentar pela força de tração", explica o dermatologista.

- Durante a lavagem, não utilize água quente! A alta temperatura predispõe à dermatite seborreica (caspa) e oleosidade no couro cabeludo. Os fios ficam mais porosos e ressecados. "O ideal é lavar a cabeça com água fria ou morna", revela o especialista. Ainda sobre a higienização, Matheus alerta: "É mito dizer que faz mal lavar os cabelos diariamente. Estudos mostram que pessoas que lavam o cabelo diariamente tem 45% menos de queda do que quem lava duas a três vezes por semana."

Publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

- Não aplique condicionador na raiz dos cabelos, apenas no comprimento dos fios e pontas. Deixar resíduos no couro cabeludo pode causar problemas como caspa e aumentar a queda de cabelo.

- Durante a prática de esportes e atividades físicas, prenda o cabelo para ter o mínimo de contato com o suor e também utilizar protetor capilares para evitar a danificação do fio.

Porém, vale ressaltar a importância de procurar um médico especialista, que trata a pele e todas as suas patologias, incluindo a saúde da pele do couro cabeludo, e um endocrinologista, que trata da parte hormonal, para uma avaliação e diagnóstico adequado.

VEJA TAMBÉM: Ticiane Pinheiro chama a atenção pelos penteados versáteis e estilosos; inspire-se

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.