Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Viva a Vida
Publicidade

As melhores motos para comprar em 2023

Flipar

Flipar|Do R7


Com 2023 ainda no início, o FLIPAR! traz boas opções para quem quer comprar uma moto. Veja alguns modelos!
Com 2023 ainda no início, o FLIPAR! traz boas opções para quem quer comprar uma moto. Veja alguns modelos!
A Honda Pop 110i é uma das favoritas do público. Ela foi lançada em 2016, custa cerca de 7 mil reais e tem a autonomia como ponto forte, com cerca de 48 km por litro.
A Honda Pop 110i é uma das favoritas do público. Ela foi lançada em 2016, custa cerca de 7 mil reais e tem a autonomia como ponto forte, com cerca de 48 km por litro.
Já a Honda Biz 110i é cerca de mil reais mais cara e tem autonomia pior, mas tem mais conforto. Está no mercado desde 2016.
Já a Honda Biz 110i é cerca de mil reais mais cara e tem autonomia pior, mas tem mais conforto. Está no mercado desde 2016.
Hoje, sua principal concorrente é a Shineray JET 125. Ela tem uma autonomia menor, mas é um pouco mais barata.
Hoje, sua principal concorrente é a Shineray JET 125. Ela tem uma autonomia menor, mas é um pouco mais barata.
A Honda Elite 125 custa cerca de R$ 10 mil, mas é reconhecida por ter conforto e autonomia, com cerca de 52 km por litro.
A Honda Elite 125 custa cerca de R$ 10 mil, mas é reconhecida por ter conforto e autonomia, com cerca de 52 km por litro.
A Yamaha NEO 125 também está nessa faixa de preço e tem autonomia inferior. Ela, porém, é considerada uma moto bonita.
A Yamaha NEO 125 também está nessa faixa de preço e tem autonomia inferior. Ela, porém, é considerada uma moto bonita.
A Shineray Worker 125 custa cerca de 8 mil reais e é considerada uma moto completa.
A Shineray Worker 125 custa cerca de 8 mil reais e é considerada uma moto completa.
Ainda nessa linha, destaca-se a Yamaha Factor 125, que custa cerca de R$ 9,7 mil. A moto faz, em média, 35 km por litro, o que é pouco. Por outro lado, impressiona pelo design e conforto.
Ainda nessa linha, destaca-se a Yamaha Factor 125, que custa cerca de R$ 9,7 mil. A moto faz, em média, 35 km por litro, o que é pouco. Por outro lado, impressiona pelo design e conforto.
Haojue Nex 115 é uma moto que custa aproximadamente R$ 10 mil e não é muito econômica, com cerca de 33 km por litro. Ela, por outro lado, é considerada confortável.
Haojue Nex 115 é uma moto que custa aproximadamente R$ 10 mil e não é muito econômica, com cerca de 33 km por litro. Ela, por outro lado, é considerada confortável.
A Haouje tem também a Chopper Road, que custa cerca de R$ 12 mil. Tem autonomia de cerca de 43 km/l.
A Haouje tem também a Chopper Road, que custa cerca de R$ 12 mil. Tem autonomia de cerca de 43 km/l.
Por fim, outro modelo da empresa que vale menção é o Haouaje DK 150 S Fi.
Por fim, outro modelo da empresa que vale menção é o Haouaje DK 150 S Fi.
A Honda NXR 160 Bros custa R$ 16 mil e tem uma autonomia de 46 km/l.
A Honda NXR 160 Bros custa R$ 16 mil e tem uma autonomia de 46 km/l.
A Honda CG 160 custa a partir de R$ 11.920, com autonomia de 41 km/l, que não é das melhores. Por outro lado, é a moto mais vendida do Brasil, muito por conta de seu conforto.
A Honda CG 160 custa a partir de R$ 11.920, com autonomia de 41 km/l, que não é das melhores. Por outro lado, é a moto mais vendida do Brasil, muito por conta de seu conforto.
Há também quem corre atrás de motos que não precisam mais pagar IPVA. A regra muda de estado para estado, mas em geral, uma com 20 anos ou mais, está isenta. É o que acontece com a Honda Tornado 250. Hoje, um modelo de 2001 ou 2002 custa cerca de 8 mil reais.
Há também quem corre atrás de motos que não precisam mais pagar IPVA. A regra muda de estado para estado, mas em geral, uma com 20 anos ou mais, está isenta. É o que acontece com a Honda Tornado 250. Hoje, um modelo de 2001 ou 2002 custa cerca de 8 mil reais.
Por outro lado, pode ser que essas motos exijam muita manutenção. A Honda Shadow 600, por exemplo, foi lançada em 2001. Sai por cerca de R$ 22 mil.
Por outro lado, pode ser que essas motos exijam muita manutenção. A Honda Shadow 600, por exemplo, foi lançada em 2001. Sai por cerca de R$ 22 mil.
Uma Suzuki Intruder 125 também é de 2002. O modelo sai por cerca de R$ 3 mil.
Uma Suzuki Intruder 125 também é de 2002. O modelo sai por cerca de R$ 3 mil.
Os únicos estados que ainda cobram IPVA depois de 20 anos são Minas, Santa Catarina e Tocantins. Lá, só há isenção para motos com 30 anos, como a Honda CBR 450 CR, lançada em 1987. Hoje, ela é rara e por isso custa cerca de R$ 40 mil. Por outro lado, é considerada ótima moto.
Os únicos estados que ainda cobram IPVA depois de 20 anos são Minas, Santa Catarina e Tocantins. Lá, só há isenção para motos com 30 anos, como a Honda CBR 450 CR, lançada em 1987. Hoje, ela é rara e por isso custa cerca de R$ 40 mil. Por outro lado, é considerada ótima moto.
Por outro lado, há estados que isentam de IPVA com 10 anos: Amapá e Rio Grande do Norte. Um modelo de 2012 bem cotado é a Yamaha XJ6, que custa cerca de R$ 35 mil.
Por outro lado, há estados que isentam de IPVA com 10 anos: Amapá e Rio Grande do Norte. Um modelo de 2012 bem cotado é a Yamaha XJ6, que custa cerca de R$ 35 mil.
A Yamaha YBR 125 ED é outra moto de 2002 que está em conta. Ela custa cerca de 3 mil reais, na tabela FIPE.
A Yamaha YBR 125 ED é outra moto de 2002 que está em conta. Ela custa cerca de 3 mil reais, na tabela FIPE.
E você, qual curtiu mais?
E você, qual curtiu mais?

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.