Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Austrália investe em expansão de sua marinha; veja as maiores frotas do mundo!

Flipar|

A Austrália anunciou planos de expandir sua frota marítima em termos sem precedentes desde o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945.
A Austrália anunciou planos de expandir sua frota marítima em termos sem precedentes desde o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945. A Austrália anunciou planos de expandir sua frota marítima em termos sem precedentes desde o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945. (Flipar)
Especialistas em política internacional creem que o gasto estimado em 35 bilhões de dólares americanos (cerca de R$ 175 bilhões) seja uma reação à escalada das tensões com a China na região do Indo-Pacífico.
Especialistas em política internacional creem que o gasto estimado em 35 bilhões de dólares americanos (cerca de R$ 175 bilhões) seja uma reação à escalada das tensões com a China na região do Indo-Pacífico. Especialistas em política internacional creem que o gasto estimado em 35 bilhões de dólares americanos (cerca de R$ 175 bilhões) seja uma reação à escalada das tensões com a China na região do Indo-Pacífico. (Flipar)
A meta estabelecida é completar a expansão até a década de 2040. “Uma Austrália forte depende de uma marinha forte, equipada para conduzir a diplomacia da nossa região”, declarou o chefe da marinha australiana, o almirante Mark Hammond.
A meta estabelecida é completar a expansão até a década de 2040. “Uma Austrália forte depende de uma marinha forte, equipada para conduzir a diplomacia da nossa região”, declarou o chefe da marinha australiana, o almirante Mark Hammond. A meta estabelecida é completar a expansão até a década de 2040. “Uma Austrália forte depende de uma marinha forte, equipada para conduzir a diplomacia da nossa região”, declarou o chefe da marinha australiana, o almirante Mark Hammond. (Flipar)
Em 2023, o Diretório Mundial de Navios de Guerras Militares Modernos (WDMMW, na sigla em inglês) divulgou um ranking das maiores potências marítimas do mundo. A associação levou em consideração a quantidade de equipamentos e fatores como idade da frota. Veja a lista a seguir com unidades no inventário e a pontuação atribuída!
Em 2023, o Diretório Mundial de Navios de Guerras Militares Modernos (WDMMW, na sigla em inglês) divulgou um ranking das maiores potências marítimas do mundo. A associação levou em consideração a quantidade de equipamentos e fatores como idade da frota... Em 2023, o Diretório Mundial de Navios de Guerras Militares Modernos (WDMMW, na sigla em inglês) divulgou um ranking das maiores potências marítimas do mundo. A associação levou em consideração a quantidade de equipamentos e fatores como idade da frota. Veja a lista a seguir com unidades no inventário e a pontuação atribuída! (Flipar)
25º lugar - Brasil: 43 unidades e pontuação 39,9.
25º lugar - Brasil: 43 unidades e pontuação 39,9. 25º lugar - Brasil: 43 unidades e pontuação 39,9. (Flipar)
24º lugar - Singapura: 37 unidades e pontuação 43,2.
24º lugar - Singapura: 37 unidades e pontuação 43,2. 24º lugar - Singapura: 37 unidades e pontuação 43,2. (Flipar)
23º lugar - Canadá: 37 unidades e pontuação 43,7.
23º lugar - Canadá: 37 unidades e pontuação 43,7. 23º lugar - Canadá: 37 unidades e pontuação 43,7. (Flipar)
22º lugar - Grécia: 63 unidades e pontuação 47,2.
22º lugar - Grécia: 63 unidades e pontuação 47,2. 22º lugar - Grécia: 63 unidades e pontuação 47,2. (Flipar)
21º lugar - Tailândia: 86 unidades e pontuação 47,6.
21º lugar - Tailândia: 86 unidades e pontuação 47,6. 21º lugar - Tailândia: 86 unidades e pontuação 47,6. (Flipar)
20º lugar - Austrália: 36 unidades e pontuação 48,9.
20º lugar - Austrália: 36 unidades e pontuação 48,9. 20º lugar - Austrália: 36 unidades e pontuação 48,9. (Flipar)
19º lugar - Irã: 66 unidades e pontuação 50,3.
19º lugar - Irã: 66 unidades e pontuação 50,3. 19º lugar - Irã: 66 unidades e pontuação 50,3. (Flipar)
18º lugar - Alemanha: 34 unidades e pontuação 54,7.
18º lugar - Alemanha: 34 unidades e pontuação 54,7. 18º lugar - Alemanha: 34 unidades e pontuação 54,7. (Flipar)
17º lugar - Espanha: 42 unidades e pontuação 56.
17º lugar - Espanha: 42 unidades e pontuação 56. 17º lugar - Espanha: 42 unidades e pontuação 56. (Flipar)
16º lugar - Bangladesh: 50 unidades e pontuação 58,6.
16º lugar - Bangladesh: 50 unidades e pontuação 58,6. 16º lugar - Bangladesh: 50 unidades e pontuação 58,6. (Flipar)
15º lugar - Argélia: 96 unidades e pontuação 61,5.
15º lugar - Argélia: 96 unidades e pontuação 61,5. 15º lugar - Argélia: 96 unidades e pontuação 61,5. (Flipar)
14º lugar - Coreia do Norte: 186 unidades e pontuação 67,9.
14º lugar - Coreia do Norte: 186 unidades e pontuação 67,9. 14º lugar - Coreia do Norte: 186 unidades e pontuação 67,9. (Flipar)
13º lugar - Egito: 107 unidades e pontuação 72,4.
13º lugar - Egito: 107 unidades e pontuação 72,4. 13º lugar - Egito: 107 unidades e pontuação 72,4. (Flipar)
12º lugar - Taiwan: 91 unidades e pontuação 74,6.
12º lugar - Taiwan: 91 unidades e pontuação 74,6. 12º lugar - Taiwan: 91 unidades e pontuação 74,6. (Flipar)
11º lugar - Itália: 54 unidades e pontuação 80,7.
11º lugar - Itália: 54 unidades e pontuação 80,7. 11º lugar - Itália: 54 unidades e pontuação 80,7. (Flipar)
10º lugar - Turquia: 90 unidades e pontuação 80,5.
10º lugar - Turquia: 90 unidades e pontuação 80,5. 10º lugar - Turquia: 90 unidades e pontuação 80,5. (Flipar)
9º lugar - Reino Unido: 51 unidades e pontuação 88,3.
9º lugar - Reino Unido: 51 unidades e pontuação 88,3. 9º lugar - Reino Unido: 51 unidades e pontuação 88,3. (Flipar)
8º lugar - França: 65 unidades e pontuação 92,9.
8º lugar - França: 65 unidades e pontuação 92,9. 8º lugar - França: 65 unidades e pontuação 92,9. (Flipar)
7º lugar - Índia: 102 unidades e pontuação 99,1.
7º lugar - Índia: 102 unidades e pontuação 99,1. 7º lugar - Índia: 102 unidades e pontuação 99,1. (Flipar)
6º lugar - Japão: 102 unidades e pontuação 121,3.
6º lugar - Japão: 102 unidades e pontuação 121,3. 6º lugar - Japão: 102 unidades e pontuação 121,3. (Flipar)
5º lugar - Coreia do Sul: 138 unidades e pontuação 122,9.
5º lugar - Coreia do Sul: 138 unidades e pontuação 122,9. 5º lugar - Coreia do Sul: 138 unidades e pontuação 122,9. (Flipar)
4º lugar - Indonésia: 243 unidades e pontuação 137,3.
4º lugar - Indonésia: 243 unidades e pontuação 137,3. 4º lugar - Indonésia: 243 unidades e pontuação 137,3. (Flipar)
3º lugar - Rússia: 265 unidades e pontuação 242,3.
3º lugar - Rússia: 265 unidades e pontuação 242,3. 3º lugar - Rússia: 265 unidades e pontuação 242,3. (Flipar)
2º lugar - China: 425 unidades e pontuação 319,8.
2º lugar - China: 425 unidades e pontuação 319,8. 2º lugar - China: 425 unidades e pontuação 319,8. (Flipar)
1º lugar - Estados Unidos: 243 unidades e pontuação 323,9.
1º lugar - Estados Unidos: 243 unidades e pontuação 323,9. 1º lugar - Estados Unidos: 243 unidades e pontuação 323,9. (Flipar)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.