Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

De tirar o fôlego: conheça os melhores Parques Nacionais do Brasil!

Flipar|

Os Parques Nacionais do Brasil são tesouros naturais que guardam a essência da biodiversidade e da beleza paisagística do país. São áreas protegidas que abrigam ecossistemas únicos, proporcionando refúgio para inúmeras espécies de fauna e flora.
Os Parques Nacionais do Brasil são tesouros naturais que guardam a essência da biodiversidade e da beleza paisagística do país. São áreas protegidas que abrigam ecossistemas únicos, proporcionando refúgio para inúmeras espécies de fauna e flora. Os Parques Nacionais do Brasil são tesouros naturais que guardam a essência da biodiversidade e da beleza paisagística do país. São áreas protegidas que abrigam ecossistemas únicos, proporcionando refúgio para inúmeras espécies de fauna e flora. (Flipar)
Nesses espaços, a conexão com a natureza é revitalizante, um verdadeiro convite à contemplação e à aventura. Veja a seguir uma lista com os principais Parques Nacionais do Brasil!
Nesses espaços, a conexão com a natureza é revitalizante, um verdadeiro convite à contemplação e à aventura. Veja a seguir uma lista com os principais Parques Nacionais do Brasil! Nesses espaços, a conexão com a natureza é revitalizante, um verdadeiro convite à contemplação e à aventura. Veja a seguir uma lista com os principais Parques Nacionais do Brasil! (Flipar)
Parque Nacional de Anavilhanas, Amazonas: Localizado no coração da Amazônia brasileira, esse parque é conhecido por abrigar o maior arquipélago fluvial do mundo, composto por mais de 400 ilhas durante a estação seca e mais de 1.000 ilhas durante a estação chuvosa, formando um labirinto natural impressionante.
Parque Nacional de Anavilhanas, Amazonas: Localizado no coração da Amazônia brasileira, esse parque é conhecido por abrigar o maior arquipélago fluvial do mundo, composto por mais de 400 ilhas durante a estação seca e mais de 1.000 ilhas durante a esta... Parque Nacional de Anavilhanas, Amazonas: Localizado no coração da Amazônia brasileira, esse parque é conhecido por abrigar o maior arquipélago fluvial do mundo, composto por mais de 400 ilhas durante a estação seca e mais de 1.000 ilhas durante a estação chuvosa, formando um labirinto natural impressionante. (Flipar)
Parque Nacional do Monte Roraima, Roraima: O parque é conhecido por abrigar o famoso Monte Roraima, um platô de arenito com topo plano que tem 2.810 metros de altura. É um dos destinos turísticos mais famosos do Brasil.
Parque Nacional do Monte Roraima, Roraima: O parque é conhecido por abrigar o famoso Monte Roraima, um platô de arenito com topo plano que tem 2.810 metros de altura. É um dos destinos turísticos mais famosos do Brasil. Parque Nacional do Monte Roraima, Roraima: O parque é conhecido por abrigar o famoso Monte Roraima, um platô de arenito com topo plano que tem 2.810 metros de altura. É um dos destinos turísticos mais famosos do Brasil. (Flipar)
Parque Nacional do Pico da Neblina, Amazonas: Essa reserva natural fica localizada no extremo norte do Brasil, na fronteira com a Venezuela. Criado em 1979, o parque é um dos mais remotos e menos acessíveis do país, abrangendo uma área de aproximadamente 2,2 milhões de hectares. O grande destaque do parque é o Pico da Neblina, o ponto mais alto do Brasil, com cerca de 2.995 metros de altitude.
Parque Nacional do Pico da Neblina, Amazonas: Essa reserva natural fica localizada no extremo norte do Brasil, na fronteira com a Venezuela. Criado em 1979, o parque é um dos mais remotos e menos acessíveis do país, abrangendo uma área de aproximadamen... Parque Nacional do Pico da Neblina, Amazonas: Essa reserva natural fica localizada no extremo norte do Brasil, na fronteira com a Venezuela. Criado em 1979, o parque é um dos mais remotos e menos acessíveis do país, abrangendo uma área de aproximadamente 2,2 milhões de hectares. O grande destaque do parque é o Pico da Neblina, o ponto mais alto do Brasil, com cerca de 2.995 metros de altitude. (Flipar)
Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, Maranhão: Criado em 1981 para proteger a beleza natural e a importância ecológica da região, o parque é conhecido por suas vastas dunas de areia branca e lagoas azuis.
Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, Maranhão: Criado em 1981 para proteger a beleza natural e a importância ecológica da região, o parque é conhecido por suas vastas dunas de areia branca e lagoas azuis. Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, Maranhão: Criado em 1981 para proteger a beleza natural e a importância ecológica da região, o parque é conhecido por suas vastas dunas de areia branca e lagoas azuis. (Flipar)
Parque Nacional da Chapada das Mesas, Maranhão: Com uma área de aproximadamente 160 mil hectares, o parque é conhecido por suas formações rochosas impressionantes, cachoeiras exuberantes, rios de águas cristalinas e uma flora e fauna ricas e diversificadas.
Parque Nacional da Chapada das Mesas, Maranhão: Com uma área de aproximadamente 160 mil hectares, o parque é conhecido por suas formações rochosas impressionantes, cachoeiras exuberantes, rios de águas cristalinas e uma flora e fauna ricas e diversific... Parque Nacional da Chapada das Mesas, Maranhão: Com uma área de aproximadamente 160 mil hectares, o parque é conhecido por suas formações rochosas impressionantes, cachoeiras exuberantes, rios de águas cristalinas e uma flora e fauna ricas e diversificadas. (Flipar)
Parque Nacional da Serra da Capivara, Piauí: Conhecido por suas pinturas rupestres pré-históricas que datam de até 10.000 anos atrás, o parque ainda inclui belas trilhas e lagoas que os visitantes podem aproveitar.
Parque Nacional da Serra da Capivara, Piauí: Conhecido por suas pinturas rupestres pré-históricas que datam de até 10.000 anos atrás, o parque ainda inclui belas trilhas e lagoas que os visitantes podem aproveitar. Parque Nacional da Serra da Capivara, Piauí: Conhecido por suas pinturas rupestres pré-históricas que datam de até 10.000 anos atrás, o parque ainda inclui belas trilhas e lagoas que os visitantes podem aproveitar. (Flipar)
Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, Pernambuco: Localizada no arquipélago de Fernando de Noronha, o parque engloba uma reserva ambiental criada em 1988. O lugar é famoso por suas paisagens deslumbrantes, praias de águas cristalinas, vida marinha abundante e ecossistemas marinhos preservados.
Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, Pernambuco: Localizada no arquipélago de Fernando de Noronha, o parque engloba uma reserva ambiental criada em 1988. O lugar é famoso por suas paisagens deslumbrantes, praias de águas cristalinas, vida ma... Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, Pernambuco: Localizada no arquipélago de Fernando de Noronha, o parque engloba uma reserva ambiental criada em 1988. O lugar é famoso por suas paisagens deslumbrantes, praias de águas cristalinas, vida marinha abundante e ecossistemas marinhos preservados. (Flipar)
Parque Nacional da Chapada da Diamantina, Bahia: O parque é conhecido por seus morros, cachoeiras e grutas. Um dos pontos mais famosos é a Cachoeira do Mosquito, em que a água cai de uma altura de 80 metros, formando uma piscina natural.
Parque Nacional da Chapada da Diamantina, Bahia: O parque é conhecido por seus morros, cachoeiras e grutas. Um dos pontos mais famosos é a Cachoeira do Mosquito, em que a água cai de uma altura de 80 metros, formando uma piscina natural. Parque Nacional da Chapada da Diamantina, Bahia: O parque é conhecido por seus morros, cachoeiras e grutas. Um dos pontos mais famosos é a Cachoeira do Mosquito, em que a água cai de uma altura de 80 metros, formando uma piscina natural. (Flipar)
Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, Bahia: Com uma área de cerca de 91,3 mil hectares, essa é considerada a primeira unidade de conservação marinha do Brasil. O grande destaque de Marinho dos Abrolhos são os seus recifes de corais, considerados os mais importantes do Atlântico Sul e os únicos do Brasil.
Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, Bahia: Com uma área de cerca de 91,3 mil hectares, essa é considerada a primeira unidade de conservação marinha do Brasil. O grande destaque de Marinho dos Abrolhos são os seus recifes de corais, considerados os ma... Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, Bahia: Com uma área de cerca de 91,3 mil hectares, essa é considerada a primeira unidade de conservação marinha do Brasil. O grande destaque de Marinho dos Abrolhos são os seus recifes de corais, considerados os mais importantes do Atlântico Sul e os únicos do Brasil. (Flipar)
Parque Nacional de Jericoacoara, Ceará: O parque abrange uma área de aproximadamente 8,4 mil hectares e é conhecido por suas paisagens de dunas, praias paradisíacas, lagoas de água doce e manguezais.
Parque Nacional de Jericoacoara, Ceará: O parque abrange uma área de aproximadamente 8,4 mil hectares e é conhecido por suas paisagens de dunas, praias paradisíacas, lagoas de água doce e manguezais. Parque Nacional de Jericoacoara, Ceará: O parque abrange uma área de aproximadamente 8,4 mil hectares e é conhecido por suas paisagens de dunas, praias paradisíacas, lagoas de água doce e manguezais. (Flipar)
Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, Goiás: Criado em 1961 e declarado Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO em 2001, o parque abrange uma área de cerca de 65 mil hectares e é conhecido por suas paisagens de cerrado, formações rochosas, cachoeiras, cânions e rica biodiversidade.
Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, Goiás: Criado em 1961 e declarado Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO em 2001, o parque abrange uma área de cerca de 65 mil hectares e é conhecido por suas paisagens de cerrado, formações rochosas, cachoeira... Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, Goiás: Criado em 1961 e declarado Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO em 2001, o parque abrange uma área de cerca de 65 mil hectares e é conhecido por suas paisagens de cerrado, formações rochosas, cachoeiras, cânions e rica biodiversidade. (Flipar)
Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, Mato Grosso: O parque abrange uma área de aproximadamente 33 mil hectares e é conhecido por suas formações geológicas impressionantes, cachoeiras, cavernas, sítios arqueológicos e rica biodiversidade. É uma região de transição entre o cerrado e a Amazônia, o que resulta em uma grande diversidade de paisagens e ecossistemas.
Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, Mato Grosso: O parque abrange uma área de aproximadamente 33 mil hectares e é conhecido por suas formações geológicas impressionantes, cachoeiras, cavernas, sítios arqueológicos e rica biodiversidade. É uma reg... Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, Mato Grosso: O parque abrange uma área de aproximadamente 33 mil hectares e é conhecido por suas formações geológicas impressionantes, cachoeiras, cavernas, sítios arqueológicos e rica biodiversidade. É uma região de transição entre o cerrado e a Amazônia, o que resulta em uma grande diversidade de paisagens e ecossistemas. (Flipar)
Parque Nacional do Pantanal Mato-Grossense, Mato Grosso: Criado em 1981, o parque abrange uma área de aproximadamente 135 mil hectares e faz parte do complexo do Pantanal, a maior planície alagável do mundo. É um importante habitat para animais como cobras, onças-pintadas, capivaras, jacarés, além de mais de 650 espécies de aves, como tuiuiús, araras e garças.
Parque Nacional do Pantanal Mato-Grossense, Mato Grosso: Criado em 1981, o parque abrange uma área de aproximadamente 135 mil hectares e faz parte do complexo do Pantanal, a maior planície alagável do mundo. É um importante habitat para animais como co... Parque Nacional do Pantanal Mato-Grossense, Mato Grosso: Criado em 1981, o parque abrange uma área de aproximadamente 135 mil hectares e faz parte do complexo do Pantanal, a maior planície alagável do mundo. É um importante habitat para animais como cobras, onças-pintadas, capivaras, jacarés, além de mais de 650 espécies de aves, como tuiuiús, araras e garças. (Flipar)
Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Rio de Janeiro: Criado em 1939, o parque é uma das mais antigas unidades de conservação do país e abrange uma área de aproximadamente 20 mil hectares. O nome
Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Rio de Janeiro: Criado em 1939, o parque é uma das mais antigas unidades de conservação do país e abrange uma área de aproximadamente 20 mil hectares. O nome Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Rio de Janeiro: Criado em 1939, o parque é uma das mais antigas unidades de conservação do país e abrange uma área de aproximadamente 20 mil hectares. O nome (Flipar)
Parque Nacional da Serra do Cipó, Minas Gerais: O parque abrange uma área de aproximadamente 33 mil hectares e é conhecido por sua beleza cênica, com paisagens de cerrado, rios, cachoeiras, cânions e uma rica biodiversidade, com lobos-guará, tamanduás-bandeira, jaguatiricas, além de uma grande variedade de aves.
Parque Nacional da Serra do Cipó, Minas Gerais: O parque abrange uma área de aproximadamente 33 mil hectares e é conhecido por sua beleza cênica, com paisagens de cerrado, rios, cachoeiras, cânions e uma rica biodiversidade, com lobos-guará, tamanduás-... Parque Nacional da Serra do Cipó, Minas Gerais: O parque abrange uma área de aproximadamente 33 mil hectares e é conhecido por sua beleza cênica, com paisagens de cerrado, rios, cachoeiras, cânions e uma rica biodiversidade, com lobos-guará, tamanduás-bandeira, jaguatiricas, além de uma grande variedade de aves. (Flipar)
Parque Nacional do Itatiaia, Rio de Janeiro: Criado em 1937, é o mais antigo parque nacional do país e abrange uma área de cerca de 30 mil hectares. O Pico das Agulhas Negras, com 2.792 metros de altitude, é o ponto mais alto do parque e um dos mais altos do Brasil, sendo um desafio popular para os montanhistas.
Parque Nacional do Itatiaia, Rio de Janeiro: Criado em 1937, é o mais antigo parque nacional do país e abrange uma área de cerca de 30 mil hectares. O Pico das Agulhas Negras, com 2.792 metros de altitude, é o ponto mais alto do parque e um dos mais al... Parque Nacional do Itatiaia, Rio de Janeiro: Criado em 1937, é o mais antigo parque nacional do país e abrange uma área de cerca de 30 mil hectares. O Pico das Agulhas Negras, com 2.792 metros de altitude, é o ponto mais alto do parque e um dos mais altos do Brasil, sendo um desafio popular para os montanhistas. (Flipar)
Parque Nacional da Serra da Canastra, Minas Gerais: O parque abrange uma área de aproximadamente 200 mil hectares e é conhecido por abrigar nascentes de importantes rios brasileiros, como o Rio São Francisco.
Parque Nacional da Serra da Canastra, Minas Gerais: O parque abrange uma área de aproximadamente 200 mil hectares e é conhecido por abrigar nascentes de importantes rios brasileiros, como o Rio São Francisco. Parque Nacional da Serra da Canastra, Minas Gerais: O parque abrange uma área de aproximadamente 200 mil hectares e é conhecido por abrigar nascentes de importantes rios brasileiros, como o Rio São Francisco. (Flipar)
Parque Nacional do Caparaó: Localizada na divisa entre os estados de Minas Gerais e Espírito Santo, o parque é conhecido por abrigar o Pico da Bandeira, o terceiro ponto mais alto do Brasil, com 2.892 metros de altitude.
Parque Nacional do Caparaó: Localizada na divisa entre os estados de Minas Gerais e Espírito Santo, o parque é conhecido por abrigar o Pico da Bandeira, o terceiro ponto mais alto do Brasil, com 2.892 metros de altitude. Parque Nacional do Caparaó: Localizada na divisa entre os estados de Minas Gerais e Espírito Santo, o parque é conhecido por abrigar o Pico da Bandeira, o terceiro ponto mais alto do Brasil, com 2.892 metros de altitude. (Flipar)
Parque Nacional da Tijuca, Rio de Janeiro: Com uma área de aproximadamente 3.956 hectares, a Floresta da Tijuca é considerada uma das maiores florestas urbanas do mundo. O Pico da Tijuca, com 1.021 metros de altitude, e o Pico do Papagaio, com 989 metros, oferecem vistas panorâmicas da cidade e da Baía de Guanabara.
Parque Nacional da Tijuca, Rio de Janeiro: Com uma área de aproximadamente 3.956 hectares, a Floresta da Tijuca é considerada uma das maiores florestas urbanas do mundo. O Pico da Tijuca, com 1.021 metros de altitude, e o Pico do Papagaio, com 989 metr... Parque Nacional da Tijuca, Rio de Janeiro: Com uma área de aproximadamente 3.956 hectares, a Floresta da Tijuca é considerada uma das maiores florestas urbanas do mundo. O Pico da Tijuca, com 1.021 metros de altitude, e o Pico do Papagaio, com 989 metros, oferecem vistas panorâmicas da cidade e da Baía de Guanabara. (Flipar)
Parque Nacional da Serra da Bocaina: Essa é uma unidade de conservação que fica localizada nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. O parque fica dentro da Serra da Bocaina, uma região de relevo montanhoso, com picos que chegam a mais de 2.000 metros de altitude, vales profundos, rios cristalinos e uma vegetação exuberante de Mata Atlântica.
Parque Nacional da Serra da Bocaina: Essa é uma unidade de conservação que fica localizada nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. O parque fica dentro da Serra da Bocaina, uma região de relevo montanhoso, com picos que chegam a mais de 2.000 metros... Parque Nacional da Serra da Bocaina: Essa é uma unidade de conservação que fica localizada nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. O parque fica dentro da Serra da Bocaina, uma região de relevo montanhoso, com picos que chegam a mais de 2.000 metros de altitude, vales profundos, rios cristalinos e uma vegetação exuberante de Mata Atlântica. (Flipar)
Parque Nacional de Aparados da Serra: Localizada na divisa entre os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, o parque abrange uma área de aproximadamente 30 mil hectares e é conhecido por abrigar os famosos cânions Itaimbezinho e Fortaleza, que são os maiores da América do Sul.
Parque Nacional de Aparados da Serra: Localizada na divisa entre os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, o parque abrange uma área de aproximadamente 30 mil hectares e é conhecido por abrigar os famosos cânions Itaimbezinho e Fortaleza, que s... Parque Nacional de Aparados da Serra: Localizada na divisa entre os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, o parque abrange uma área de aproximadamente 30 mil hectares e é conhecido por abrigar os famosos cânions Itaimbezinho e Fortaleza, que são os maiores da América do Sul. (Flipar)
Parque Nacional do Iguaçu, Paraná: O local abriga as famosas Cataratas do Iguaçu, uma das maiores e mais impressionantes quedas d'água do mundo. O parque foi declarado Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO em 1986 e é um dos destinos mais procurados por turistas no Brasil.
Parque Nacional do Iguaçu, Paraná: O local abriga as famosas Cataratas do Iguaçu, uma das maiores e mais impressionantes quedas d'água do mundo. O parque foi declarado Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO em 1986 e é um dos destinos mais procurados p... Parque Nacional do Iguaçu, Paraná: O local abriga as famosas Cataratas do Iguaçu, uma das maiores e mais impressionantes quedas d'água do mundo. O parque foi declarado Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO em 1986 e é um dos destinos mais procurados por turistas no Brasil. (Flipar)
Parque Nacional da Serra Geral, Rio Grande do Sul: Criado em 1992, o parque abrange uma área de aproximadamente 17 mil hectares e faz parte do bioma da Mata Atlântica. O parque é conhecido por abrigar cânions impressionantes, com paredões de até 700 metros de altura!
Parque Nacional da Serra Geral, Rio Grande do Sul: Criado em 1992, o parque abrange uma área de aproximadamente 17 mil hectares e faz parte do bioma da Mata Atlântica. O parque é conhecido por abrigar cânions impressionantes, com paredões de até 700 me... Parque Nacional da Serra Geral, Rio Grande do Sul: Criado em 1992, o parque abrange uma área de aproximadamente 17 mil hectares e faz parte do bioma da Mata Atlântica. O parque é conhecido por abrigar cânions impressionantes, com paredões de até 700 metros de altura! (Flipar)
Parque Nacional de São Joaquim: Criado em 1961, o parque fica localizado nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul e abrange uma área de aproximadamente 49 mil hectares. É conhecido por suas paisagens de montanha, campos de altitude, matas de araucárias e uma rica biodiversidade.
Parque Nacional de São Joaquim: Criado em 1961, o parque fica localizado nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul e abrange uma área de aproximadamente 49 mil hectares. É conhecido por suas paisagens de montanha, campos de altitude, matas de a... Parque Nacional de São Joaquim: Criado em 1961, o parque fica localizado nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul e abrange uma área de aproximadamente 49 mil hectares. É conhecido por suas paisagens de montanha, campos de altitude, matas de araucárias e uma rica biodiversidade. (Flipar)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.