Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Estudo aponta Força Aérea do Brasil como a 17ª maior do mundo

Flipar|

Um estudo publicado pela “Global Fire Power”, feito para analisar o poderio das forças militares ao redor do mundo, classificou o Brasil como a 17ª maior força aérea do planeta, logo após a Grécia.
Um estudo publicado pela “Global Fire Power”, feito para analisar o poderio das forças militares ao redor do mundo, classificou o Brasil como a 17ª maior força aérea do planeta, logo após a Grécia. Um estudo publicado pela “Global Fire Power”, feito para analisar o poderio das forças militares ao redor do mundo, classificou o Brasil como a 17ª maior força aérea do planeta, logo após a Grécia. (Flipar)
A lista considerou 145 países que possuem aviões militares, como caças, bombardeiros, aeronaves de treinamento, transporte e reabastecimento.
A lista considerou 145 países que possuem aviões militares, como caças, bombardeiros, aeronaves de treinamento, transporte e reabastecimento. A lista considerou 145 países que possuem aviões militares, como caças, bombardeiros, aeronaves de treinamento, transporte e reabastecimento. (Flipar)
De acordo com o levantamento da empresa, no Brasil há 195 helicópteros, 46 caças, 206 aviões de treinamento, 111 de transporte, 72 de ataque, 24 de missão especial e dois aviões-tanque.
De acordo com o levantamento da empresa, no Brasil há 195 helicópteros, 46 caças, 206 aviões de treinamento, 111 de transporte, 72 de ataque, 24 de missão especial e dois aviões-tanque. De acordo com o levantamento da empresa, no Brasil há 195 helicópteros, 46 caças, 206 aviões de treinamento, 111 de transporte, 72 de ataque, 24 de missão especial e dois aviões-tanque. (Flipar)
A Global Firepower avalia a força aérea de cada país com base em sua classificação anual, considerando todos os tipos de aeronaves em uso pela Força Aérea, Aviação do Exército, Marinha e Fuzileiros Navais.
A Global Firepower avalia a força aérea de cada país com base em sua classificação anual, considerando todos os tipos de aeronaves em uso pela Força Aérea, Aviação do Exército, Marinha e Fuzileiros Navais. A Global Firepower avalia a força aérea de cada país com base em sua classificação anual, considerando todos os tipos de aeronaves em uso pela Força Aérea, Aviação do Exército, Marinha e Fuzileiros Navais. (Flipar)
A classificação da GFP avalia a capacidade de guerra de cada país por terra, mar e ar, usando meios tradicionais.
A classificação da GFP avalia a capacidade de guerra de cada país por terra, mar e ar, usando meios tradicionais. A classificação da GFP avalia a capacidade de guerra de cada país por terra, mar e ar, usando meios tradicionais. (Flipar)
Para chegar ao ranking final, são considerados mais de 60 fatores específicos, entre mão de obra, equipamentos, recursos naturais, finanças, entre outros.
Para chegar ao ranking final, são considerados mais de 60 fatores específicos, entre mão de obra, equipamentos, recursos naturais, finanças, entre outros. Para chegar ao ranking final, são considerados mais de 60 fatores específicos, entre mão de obra, equipamentos, recursos naturais, finanças, entre outros. (Flipar)
Com a chegada dos novos caças supersônicos F-39 Gripen, a frota de aeronaves de guerra do Brasil está prestes a aumentar significativamente.
Com a chegada dos novos caças supersônicos F-39 Gripen, a frota de aeronaves de guerra do Brasil está prestes a aumentar significativamente. Com a chegada dos novos caças supersônicos F-39 Gripen, a frota de aeronaves de guerra do Brasil está prestes a aumentar significativamente. (Flipar)
Após 16 anos de desenvolvimento, o avião fabricado pela empresa sueca
Após 16 anos de desenvolvimento, o avião fabricado pela empresa sueca Após 16 anos de desenvolvimento, o avião fabricado pela empresa sueca (Flipar)
A ideia é que aos poucos o Gripen substitua os F-5M, caças americanos que estão em serviço no Brasil desde 1975 e estavam em processo de modernização pela Embraer até 2020.
A ideia é que aos poucos o Gripen substitua os F-5M, caças americanos que estão em serviço no Brasil desde 1975 e estavam em processo de modernização pela Embraer até 2020. A ideia é que aos poucos o Gripen substitua os F-5M, caças americanos que estão em serviço no Brasil desde 1975 e estavam em processo de modernização pela Embraer até 2020. (Flipar)
A previsão é que até 2027 o Brasil receba um total de 36 aeronaves modelo F-39 Gripen.
A previsão é que até 2027 o Brasil receba um total de 36 aeronaves modelo F-39 Gripen. A previsão é que até 2027 o Brasil receba um total de 36 aeronaves modelo F-39 Gripen. (Flipar)
O Gripen tem capacidade de voar a uma velocidade máxima de 2.400 km/h, além de atingir até 16 mil metros de altura. O caça pode ir da cidade do Rio de Janeiro a São Paulo (uma distância de 365 km) em apenas 12 minutos.
O Gripen tem capacidade de voar a uma velocidade máxima de 2.400 km/h, além de atingir até 16 mil metros de altura. O caça pode ir da cidade do Rio de Janeiro a São Paulo (uma distância de 365 km) em apenas 12 minutos. O Gripen tem capacidade de voar a uma velocidade máxima de 2.400 km/h, além de atingir até 16 mil metros de altura. O caça pode ir da cidade do Rio de Janeiro a São Paulo (uma distância de 365 km) em apenas 12 minutos. (Flipar)
Além de contar com modelos de sensores e radares avançados, o Gripen possui um sistema inteligente de detecção de alvos, sendo assim a aeronave mais moderna em operação na América Latina. Veja agora o ranking dos 15 países com a maior força aérea do mundo!
Além de contar com modelos de sensores e radares avançados, o Gripen possui um sistema inteligente de detecção de alvos, sendo assim a aeronave mais moderna em operação na América Latina. Veja agora o ranking dos 15 países com a maior força aérea do mu... Além de contar com modelos de sensores e radares avançados, o Gripen possui um sistema inteligente de detecção de alvos, sendo assim a aeronave mais moderna em operação na América Latina. Veja agora o ranking dos 15 países com a maior força aérea do mundo! (Flipar)
15º) Reino Unido (664 aeronaves): Fundada em 1º de abril de 1918, ostenta o título de força aérea independente mais antiga do mundo. Os caças Typhoon (foto), bombardeiros B-2 Spirit e drones Reaper são alguns dos modelos mais populares.
15º) Reino Unido (664 aeronaves): Fundada em 1º de abril de 1918, ostenta o título de força aérea independente mais antiga do mundo. Os caças Typhoon (foto), bombardeiros B-2 Spirit e drones Reaper são alguns dos modelos mais populares. 15º) Reino Unido (664 aeronaves): Fundada em 1º de abril de 1918, ostenta o título de força aérea independente mais antiga do mundo. Os caças Typhoon (foto), bombardeiros B-2 Spirit e drones Reaper são alguns dos modelos mais populares. (Flipar)
14º) Taiwan (750 aeronaves): Foi fundada em 1920 e é chamada oficialmente de Força Aérea da República da China (ROCAF). Caças F-16 Fighting Falcon, Mirage 2000 e AIDC F-CK-1 Ching-kuo (foto) são alguns dos principais da frota taiwanesa.
14º) Taiwan (750 aeronaves): Foi fundada em 1920 e é chamada oficialmente de Força Aérea da República da China (ROCAF). Caças F-16 Fighting Falcon, Mirage 2000 e AIDC F-CK-1 Ching-kuo (foto) são alguns dos principais da frota taiwanesa. 14º) Taiwan (750 aeronaves): Foi fundada em 1920 e é chamada oficialmente de Força Aérea da República da China (ROCAF). Caças F-16 Fighting Falcon, Mirage 2000 e AIDC F-CK-1 Ching-kuo (foto) são alguns dos principais da frota taiwanesa. (Flipar)
13º) Itália (800 aeronaves): A Aeronautica Militare Italiana (AMI) foi fundada em 28 de março de 1923 e conta com caças como o Eurofighter Typhoon e F-35 Lightning II (foto).
13º) Itália (800 aeronaves): A Aeronautica Militare Italiana (AMI) foi fundada em 28 de março de 1923 e conta com caças como o Eurofighter Typhoon e F-35 Lightning II (foto). 13º) Itália (800 aeronaves): A Aeronautica Militare Italiana (AMI) foi fundada em 28 de março de 1923 e conta com caças como o Eurofighter Typhoon e F-35 Lightning II (foto). (Flipar)
12º) Arábia Saudita (914 aeronaves): Fundada em 1950, a Força Aérea da Arábia Saudita (RSAF) é uma das mais antigas e poderosas forças aéreas do Oriente Médio. Recentemente, o país aprovou a compra de modelos F-35 Lightning II (foto) dos EUA.
12º) Arábia Saudita (914 aeronaves): Fundada em 1950, a Força Aérea da Arábia Saudita (RSAF) é uma das mais antigas e poderosas forças aéreas do Oriente Médio. Recentemente, o país aprovou a compra de modelos F-35 Lightning II (foto) dos EUA. 12º) Arábia Saudita (914 aeronaves): Fundada em 1950, a Força Aérea da Arábia Saudita (RSAF) é uma das mais antigas e poderosas forças aéreas do Oriente Médio. Recentemente, o país aprovou a compra de modelos F-35 Lightning II (foto) dos EUA. (Flipar)
11º) Coreia do Norte (951 aeronaves): Fundada em 1945, a Força Aérea da Coreia do Norte (KPAF) é uma das forças aéreas mais reclusas do mundo. Seu arsenal é composto principalmente por caças MiG-19, MiG-21 (foto) e MiG-29 de fabricação soviética.
11º) Coreia do Norte (951 aeronaves): Fundada em 1945, a Força Aérea da Coreia do Norte (KPAF) é uma das forças aéreas mais reclusas do mundo. Seu arsenal é composto principalmente por caças MiG-19, MiG-21 (foto) e MiG-29 de fabricação soviética. 11º) Coreia do Norte (951 aeronaves): Fundada em 1945, a Força Aérea da Coreia do Norte (KPAF) é uma das forças aéreas mais reclusas do mundo. Seu arsenal é composto principalmente por caças MiG-19, MiG-21 (foto) e MiG-29 de fabricação soviética. (Flipar)
10º) França (972 aeronaves): A Força Aérea Francesa (Armée de l'Air et de l'Espace) foi fundada em 8 de março de 1909. É a terceira mais antiga do mundo. Os caças Rafale (foto), Mirage 2000 e Alphajet são alguns dos mais famosos da frota.
10º) França (972 aeronaves): A Força Aérea Francesa (Armée de l'Air et de l'Espace) foi fundada em 8 de março de 1909. É a terceira mais antiga do mundo. Os caças Rafale (foto), Mirage 2000 e Alphajet são alguns dos mais famosos da frota. 10º) França (972 aeronaves): A Força Aérea Francesa (Armée de l'Air et de l'Espace) foi fundada em 8 de março de 1909. É a terceira mais antiga do mundo. Os caças Rafale (foto), Mirage 2000 e Alphajet são alguns dos mais famosos da frota. (Flipar)
9º) Turquia (1.069 aeronaves): A Força Aérea Turca é a segunda mais antiga dos países membros da OTAN. Sua frota inclui caças F-16 Fighting Falcon (foto), F-4E Phantom II e F-35 Lightning II.
9º) Turquia (1.069 aeronaves): A Força Aérea Turca é a segunda mais antiga dos países membros da OTAN. Sua frota inclui caças F-16 Fighting Falcon (foto), F-4E Phantom II e F-35 Lightning II. 9º) Turquia (1.069 aeronaves): A Força Aérea Turca é a segunda mais antiga dos países membros da OTAN. Sua frota inclui caças F-16 Fighting Falcon (foto), F-4E Phantom II e F-35 Lightning II. (Flipar)
8º) Egito (1.080 aeronaves): Criada em 1937, a Força Aérea Egípcia (EAF) é a maior força aérea da África. Os modelos F-16 Fighting Falcon (foto), Mirage 2000 e Rafale fazem parte do arsenal
8º) Egito (1.080 aeronaves): Criada em 1937, a Força Aérea Egípcia (EAF) é a maior força aérea da África. Os modelos F-16 Fighting Falcon (foto), Mirage 2000 e Rafale fazem parte do arsenal 8º) Egito (1.080 aeronaves): Criada em 1937, a Força Aérea Egípcia (EAF) é a maior força aérea da África. Os modelos F-16 Fighting Falcon (foto), Mirage 2000 e Rafale fazem parte do arsenal (Flipar)
7º) Paquistão (1.434 aeronaves): A Força Aérea do Paquistão (PAF) foi fundada em 1947 e conta com caças F-16 Fighting Falcon, Mirage III (foto) e JF-17 Thunder.
7º) Paquistão (1.434 aeronaves): A Força Aérea do Paquistão (PAF) foi fundada em 1947 e conta com caças F-16 Fighting Falcon, Mirage III (foto) e JF-17 Thunder. 7º) Paquistão (1.434 aeronaves): A Força Aérea do Paquistão (PAF) foi fundada em 1947 e conta com caças F-16 Fighting Falcon, Mirage III (foto) e JF-17 Thunder. (Flipar)
6º) Japão (1.459 aeronaves): A Força Aérea de Autodefesa do Japão (JASDF) foi fundada em 1954. Algumas das aeronaves mais famosas da frota são: caças F-15 Eagle (foto), F-35 Lightning II e Mitsubishi F-2.
6º) Japão (1.459 aeronaves): A Força Aérea de Autodefesa do Japão (JASDF) foi fundada em 1954. Algumas das aeronaves mais famosas da frota são: caças F-15 Eagle (foto), F-35 Lightning II e Mitsubishi F-2. 6º) Japão (1.459 aeronaves): A Força Aérea de Autodefesa do Japão (JASDF) foi fundada em 1954. Algumas das aeronaves mais famosas da frota são: caças F-15 Eagle (foto), F-35 Lightning II e Mitsubishi F-2. (Flipar)
5º) Coreia do Sul (1.576 aeronaves): Fundada em 1949, a Força Aérea da República da Coreia (ROKAF) é a maior força aérea da Ásia Oriental. O caça F-15K Slam Eagle é um dos mais populares da frota.
5º) Coreia do Sul (1.576 aeronaves): Fundada em 1949, a Força Aérea da República da Coreia (ROKAF) é a maior força aérea da Ásia Oriental. O caça F-15K Slam Eagle é um dos mais populares da frota. 5º) Coreia do Sul (1.576 aeronaves): Fundada em 1949, a Força Aérea da República da Coreia (ROKAF) é a maior força aérea da Ásia Oriental. O caça F-15K Slam Eagle é um dos mais populares da frota. (Flipar)
4º) Índia (2.296 aeronaves): A Força Aérea Indiana (IAF) foi criada em 8 de outubro de 1932. O arsenal indiano conta com aeronaves Sukhoi Su-30MKI (foto), Dassault Rafale, Mirage 2000 e HAL Tejas.
4º) Índia (2.296 aeronaves): A Força Aérea Indiana (IAF) foi criada em 8 de outubro de 1932. O arsenal indiano conta com aeronaves Sukhoi Su-30MKI (foto), Dassault Rafale, Mirage 2000 e HAL Tejas. 4º) Índia (2.296 aeronaves): A Força Aérea Indiana (IAF) foi criada em 8 de outubro de 1932. O arsenal indiano conta com aeronaves Sukhoi Su-30MKI (foto), Dassault Rafale, Mirage 2000 e HAL Tejas. (Flipar)
3º) China (3.304 aeronaves): A Força Aérea do Exército Popular de Libertação (PLAAF) foi fundada em 11 de novembro de 1949 e conta com modelos de aeronave de sua própria fabricação, como o Chengdu J-20.
3º) China (3.304 aeronaves): A Força Aérea do Exército Popular de Libertação (PLAAF) foi fundada em 11 de novembro de 1949 e conta com modelos de aeronave de sua própria fabricação, como o Chengdu J-20. 3º) China (3.304 aeronaves): A Força Aérea do Exército Popular de Libertação (PLAAF) foi fundada em 11 de novembro de 1949 e conta com modelos de aeronave de sua própria fabricação, como o Chengdu J-20. (Flipar)
2º) Rússia (4.255 aeronaves): Criada em 1918, a segunda maior força aérea do mundo, a Força Aérea Espacial Russa (VVS RF), conta com os poderosos caças Sukhoi Su-35 (foto), Su-30MKK e MiG-35, bombardeiros estratégicos Tu-95MS e Tu-160M.
2º) Rússia (4.255 aeronaves): Criada em 1918, a segunda maior força aérea do mundo, a Força Aérea Espacial Russa (VVS RF), conta com os poderosos caças Sukhoi Su-35 (foto), Su-30MKK e MiG-35, bombardeiros estratégicos Tu-95MS e Tu-160M. 2º) Rússia (4.255 aeronaves): Criada em 1918, a segunda maior força aérea do mundo, a Força Aérea Espacial Russa (VVS RF), conta com os poderosos caças Sukhoi Su-35 (foto), Su-30MKK e MiG-35, bombardeiros estratégicos Tu-95MS e Tu-160M. (Flipar)
1º) Estados Unidos (13.209 aeronaves): Sem surpreender ninguém, a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) é a maior do mundo em escala. Fundada em 1947, a frota conta com caças F-22 Raptor, F-35 Lightning II, F-15 Eagle e F-16 Fighting Falcon, além dos bombardeiros estratégicos B-2 Spirit (foto) e B-52 Stratofortress.
1º) Estados Unidos (13.209 aeronaves): Sem surpreender ninguém, a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) é a maior do mundo em escala. Fundada em 1947, a frota conta com caças F-22 Raptor, F-35 Lightning II, F-15 Eagle e F-16 Fighting Falcon, além dos b... 1º) Estados Unidos (13.209 aeronaves): Sem surpreender ninguém, a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) é a maior do mundo em escala. Fundada em 1947, a frota conta com caças F-22 Raptor, F-35 Lightning II, F-15 Eagle e F-16 Fighting Falcon, além dos bombardeiros estratégicos B-2 Spirit (foto) e B-52 Stratofortress. (Flipar)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.