Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Viva a Vida
Publicidade

Jovem fez pesquisa na web antes de assassinar patrão

Isabela matou Lilson com revólver da vítima, roubou seus pertences e fingiu que era ele em mensagens de celular

Flipar

Flipar|Do R7


Uma empregada doméstica de 19 anos que assassinou o próprio patrão confessou ter pesquisado na internet maneiras de cometer o crime. O FLIPAR mostrou e republica para quem não viu.
Uma empregada doméstica de 19 anos que assassinou o próprio patrão confessou ter pesquisado na internet maneiras de cometer o crime. O FLIPAR mostrou e republica para quem não viu.
Lilson Braga, de 66 anos, morreu com um tiro no peito enquanto dormia.
Lilson Braga, de 66 anos, morreu com um tiro no peito enquanto dormia.
Ainda de acordo com a Polícia Civil, Isabella da Silva Oliveira assumiu a identidade do patrão para realizar saques em dinheiro com o cartão da vítima.
Ainda de acordo com a Polícia Civil, Isabella da Silva Oliveira assumiu a identidade do patrão para realizar saques em dinheiro com o cartão da vítima.
Com base em mensagens obtidas, acredita-se que ela possa ter até mesmo contribuído para a morte da mãe dele, uma senhora de 91 anos.
Com base em mensagens obtidas, acredita-se que ela possa ter até mesmo contribuído para a morte da mãe dele, uma senhora de 91 anos.
A idosa morreu seis dias após o filho, sem os cuidados necessários, já que, fingindo ser Lilson, a empregada despediu a cuidadora da idosa.
A idosa morreu seis dias após o filho, sem os cuidados necessários, já que, fingindo ser Lilson, a empregada despediu a cuidadora da idosa.
É que, após o crime, Isabella passou a mandar mensagens como se fosse o patrão. E ignorava as chamadas da filha dele, que vive na Espanha, limitando a comunicação apenas por meio de mensagens de texto.
É que, após o crime, Isabella passou a mandar mensagens como se fosse o patrão. E ignorava as chamadas da filha dele, que vive na Espanha, limitando a comunicação apenas por meio de mensagens de texto.
A idosa morava em outra casa, no mesmo terreno. Segundo a polícia, Isabella escreveu a seguinte mensagem no celular de Lilson para a cuidadora “Tá f* pra mim ficar gastando esse dinheiro todo. Vou começar eu mesmo a cuidar da minha mãe. Não quero te deixar na mão, fica tranquila. Mas vou te pagar esse mês e depois eu mesmo vou dar meu jeito
A idosa morava em outra casa, no mesmo terreno. Segundo a polícia, Isabella escreveu a seguinte mensagem no celular de Lilson para a cuidadora “Tá f* pra mim ficar gastando esse dinheiro todo. Vou começar eu mesmo a cuidar da minha mãe. Não quero te deixar na mão, fica tranquila. Mas vou te pagar esse mês e depois eu mesmo vou dar meu jeito
Foram quase noventa dias de investigação até que as autoridades chegassem à jovem.
Foram quase noventa dias de investigação até que as autoridades chegassem à jovem.
Isabella foi presa no dia 2/7 no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste do Rio de Janeiro.
Isabella foi presa no dia 2/7 no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste do Rio de Janeiro.
O processo de apuração indica que ela planejou antecipadamente o crime com o intuiro de roubar pertences do patrão.
O processo de apuração indica que ela planejou antecipadamente o crime com o intuiro de roubar pertences do patrão.
Além de ter confessado o crime, ela alegou que “estava descontente com algumas atitudes do patrão”., tentando transferir para a vítima alguma culpa. Mas esse discurso não colou.
Além de ter confessado o crime, ela alegou que “estava descontente com algumas atitudes do patrão”., tentando transferir para a vítima alguma culpa. Mas esse discurso não colou.
Para cometer o crime, ela usou a própria arma que Lilson guardava em casa.
Para cometer o crime, ela usou a própria arma que Lilson guardava em casa.
A empregada fez diversas buscas na web para aprender a manusear e atirar com um revólver.
A empregada fez diversas buscas na web para aprender a manusear e atirar com um revólver.
Segundo as investigações, ela chegou a pesquisar os termos “tiro na posição sentada”, “tiro no peito mata” e “treinando tiro”.
Segundo as investigações, ela chegou a pesquisar os termos “tiro na posição sentada”, “tiro no peito mata” e “treinando tiro”.
O filho de Lilson encontrou o corpo do idoso no dia 9 de maio, 40 dias depois do crime.
O filho de Lilson encontrou o corpo do idoso no dia 9 de maio, 40 dias depois do crime.
O corpo dele foi achado dentro da cisterna da casa onde morava, em Pedra de Guaratiba, Zona Oeste do Rio de Janeiro.
O corpo dele foi achado dentro da cisterna da casa onde morava, em Pedra de Guaratiba, Zona Oeste do Rio de Janeiro.
Os policiais suspeitam que Isabella pode não ter agido sozinha, pois o corpo de Lilson foi levado do segundo andar para o térreo.
Os policiais suspeitam que Isabella pode não ter agido sozinha, pois o corpo de Lilson foi levado do segundo andar para o térreo.
“Ela teve ajuda de alguém para que houvesse o transporte do corpo até a cisterna[...]”, disse o delegado responsável pelo caso.
“Ela teve ajuda de alguém para que houvesse o transporte do corpo até a cisterna[...]”, disse o delegado responsável pelo caso.
Segundo os investigadores, a motivação do crime foi financeira, visto que, além de ter feito saques em nome da vítima, a jovem ainda levou todas as joias e dinheiro em espécie que ficava guardado dentro de casa.
Segundo os investigadores, a motivação do crime foi financeira, visto que, além de ter feito saques em nome da vítima, a jovem ainda levou todas as joias e dinheiro em espécie que ficava guardado dentro de casa.
A vítima tinha moedas estrangeiras, dólares, euros e dinheiro na conta bancária.
A vítima tinha moedas estrangeiras, dólares, euros e dinheiro na conta bancária.
No dia 3/7 Isabella foi conduzida ao presídio de Benfica e vai responder à ação penal na justiça.
No dia 3/7 Isabella foi conduzida ao presídio de Benfica e vai responder à ação penal na justiça.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.