Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Viva a Vida
Publicidade

Maioria dos refugiados no Brasil é de venezuelanos; veja ranking

Flipar

Flipar|Do R7


Em 2023, a maioria esmagadora de refugiados aceitos no Brasil foi formada por venezuelanos.
Em 2023, a maioria esmagadora de refugiados aceitos no Brasil foi formada por venezuelanos. Flipar
Só até novembro, por exemplo, 82% dos pedidos aprovados vieram da Venezuela.
Só até novembro, por exemplo, 82% dos pedidos aprovados vieram da Venezuela. Flipar
Durante os primeiros 11 meses do ano, o Brasil deu sinal verde para 117.188 estrangeiros em busca de refúgio, sendo que a grande maioria foi composta por venezuelanos, de acordo com o Conare (Comitê Nacional para os Refugiados).
Durante os primeiros 11 meses do ano, o Brasil deu sinal verde para 117.188 estrangeiros em busca de refúgio, sendo que a grande maioria foi composta por venezuelanos, de acordo com o Conare (Comitê Nacional para os Refugiados). Flipar
Os países seguintes nessa lista foram Haiti e Cuba, ambos localizados no Caribe.
Os países seguintes nessa lista foram Haiti e Cuba, ambos localizados no Caribe. Flipar
Os venezuelanos lideram também os pedidos em andamento. Dos quase 5.000 processos ainda não finalizados no Brasil em novembro, cerca de metade são provenientes do país vizinho.
Os venezuelanos lideram também os pedidos em andamento. Dos quase 5.000 processos ainda não finalizados no Brasil em novembro, cerca de metade são provenientes do país vizinho. Flipar
A Venezuela enfrenta dificuldades econômicas e políticas, com o presidente Nicolás Maduro enfrentando crescente pressão internacional.
A Venezuela enfrenta dificuldades econômicas e políticas, com o presidente Nicolás Maduro enfrentando crescente pressão internacional. Flipar
Ele chegou a ameaçar invadir a Guiana, mas o Brasil se opôs a essa ideia, buscando resolver a questão de maneira diplomática.
Ele chegou a ameaçar invadir a Guiana, mas o Brasil se opôs a essa ideia, buscando resolver a questão de maneira diplomática. Flipar
Por outro lado, a quantidade de refugiados vindos de nações em guerra é considerada baixa no Brasil.
Por outro lado, a quantidade de refugiados vindos de nações em guerra é considerada baixa no Brasil. Flipar
Até novembro, após um ano e meio de conflito na Ucrânia, apenas 20 russos e 14 ucranianos buscaram refúgio no Brasil.
Até novembro, após um ano e meio de conflito na Ucrânia, apenas 20 russos e 14 ucranianos buscaram refúgio no Brasil. Flipar
Em relação aos eventos no Oriente Médio, foram registrados 69 pedidos de refúgio de palestinos.
Em relação aos eventos no Oriente Médio, foram registrados 69 pedidos de refúgio de palestinos. Flipar
De acordo com informações do Ministério da Justiça e Segurança Pública, nenhum israelense fez esse pedido.
De acordo com informações do Ministério da Justiça e Segurança Pública, nenhum israelense fez esse pedido. Flipar
Para a legislação brasileira, são considerados refugiados
Para a legislação brasileira, são considerados refugiados Flipar
A maioria dos refugiados que buscam abrigo no Brasil vem da América Latina, Ásia e África. Com base em um levantamento feito pelo site UOL, confira agora o ranking dos 10 países com mais refugiados em território nacional até esse início de 2024!
A maioria dos refugiados que buscam abrigo no Brasil vem da América Latina, Ásia e África. Com base em um levantamento feito pelo site UOL, confira agora o ranking dos 10 países com mais refugiados em território nacional até esse início de 2024! Flipar
10º) Colômbia: 335 refugiados no Brasil (equivalente a 0,3%).
10º) Colômbia: 335 refugiados no Brasil (equivalente a 0,3%). Flipar
9º) Gana: 453 refugiados no Brasil (equivalente a 0,4%).
9º) Gana: 453 refugiados no Brasil (equivalente a 0,4%). Flipar
8º) Nigéria: 655 refugiados no Brasil (equivalente a 0,5%).
8º) Nigéria: 655 refugiados no Brasil (equivalente a 0,5%). Flipar
7º) China: 875 refugiados no Brasil (equivalente a 0,7%).
7º) China: 875 refugiados no Brasil (equivalente a 0,7%). Flipar
6º) Afeganistão: 881 refugiados no Brasil (equivalente a 0,7%).
6º) Afeganistão: 881 refugiados no Brasil (equivalente a 0,7%). Flipar
5º) Bangladesh: 1.317 refugiados no Brasil (equivalente a 1,1%).
5º) Bangladesh: 1.317 refugiados no Brasil (equivalente a 1,1%). Flipar
4º) Angola: 1.621 refugiados no Brasil (equivalente a 1,4%).
4º) Angola: 1.621 refugiados no Brasil (equivalente a 1,4%). Flipar
3º) Cuba: 3.035 refugiados no Brasil (equivalente a 2,6%).
3º) Cuba: 3.035 refugiados no Brasil (equivalente a 2,6%). Flipar
2º) Haiti: 7.101 refugiados no Brasil (equivalente a 6%).
2º) Haiti: 7.101 refugiados no Brasil (equivalente a 6%). Flipar
1º) Venezuela: 95.951 refugiados no Brasil (equivalente a 81,8%).
1º) Venezuela: 95.951 refugiados no Brasil (equivalente a 81,8%). Flipar

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.