Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Não é o inglês? Entenda por que os Estados Unidos não têm uma língua oficial

Flipar|

Ao contrário do que sugere o senso comum, o inglês não é a língua oficial dos Estados Unidos.
Ao contrário do que sugere o senso comum, o inglês não é a língua oficial dos Estados Unidos. Ao contrário do que sugere o senso comum, o inglês não é a língua oficial dos Estados Unidos. (Flipar)
Na verdade, a maior potência econômica e militar do mundo não estabelece nenhuma língua oficial em sua carta constitucional.
Na verdade, a maior potência econômica e militar do mundo não estabelece nenhuma língua oficial em sua carta constitucional. Na verdade, a maior potência econômica e militar do mundo não estabelece nenhuma língua oficial em sua carta constitucional. (Flipar)
A explicação para esse fato remonta ao século XVIII, quando os Estados Unidos se tornaram independentes da Inglaterra (1776).
A explicação para esse fato remonta ao século XVIII, quando os Estados Unidos se tornaram independentes da Inglaterra (1776). A explicação para esse fato remonta ao século XVIII, quando os Estados Unidos se tornaram independentes da Inglaterra (1776). (Flipar)
Dois anos depois da independência, o Congresso Nacional reprovou a proposta do presidente John Adams de tornar o inglês a língua oficial.
Dois anos depois da independência, o Congresso Nacional reprovou a proposta do presidente John Adams de tornar o inglês a língua oficial. Dois anos depois da independência, o Congresso Nacional reprovou a proposta do presidente John Adams de tornar o inglês a língua oficial. (Flipar)
Embora o inglês fosse a língua predominante à época (e segue assim até os dias de hoje), outros idiomas eram falados nos Estados Unidos pela população nativa e também por imigrantes como holandeses, alemães e portugueses.
Embora o inglês fosse a língua predominante à época (e segue assim até os dias de hoje), outros idiomas eram falados nos Estados Unidos pela população nativa e também por imigrantes como holandeses, alemães e portugueses. Embora o inglês fosse a língua predominante à época (e segue assim até os dias de hoje), outros idiomas eram falados nos Estados Unidos pela população nativa e também por imigrantes como holandeses, alemães e portugueses. (Flipar)
O parlamento americano considerou a proposta antidemocrática, uma afronta aos ideais de liberdade individual preconizados pelos pais fundadores da nação.
O parlamento americano considerou a proposta antidemocrática, uma afronta aos ideais de liberdade individual preconizados pelos pais fundadores da nação. O parlamento americano considerou a proposta antidemocrática, uma afronta aos ideais de liberdade individual preconizados pelos pais fundadores da nação. (Flipar)
Nesses mais de dois séculos, os Estados Unidos seguiram sem instituir uma língua oficial.
Nesses mais de dois séculos, os Estados Unidos seguiram sem instituir uma língua oficial. Nesses mais de dois séculos, os Estados Unidos seguiram sem instituir uma língua oficial. (Flipar)
No entanto, com o princípio de autonomia das unidades da federação que prevalece no país, 32 dos 50 estados americanos consideram o inglês como idioma oficial.
No entanto, com o princípio de autonomia das unidades da federação que prevalece no país, 32 dos 50 estados americanos consideram o inglês como idioma oficial. No entanto, com o princípio de autonomia das unidades da federação que prevalece no país, 32 dos 50 estados americanos consideram o inglês como idioma oficial. (Flipar)
Em 18 dos estados, como Nova York e Louisiânia, não há uma língua oficial. O mesmo acontece no distrito de Columbia, onde localiza-se a capital Washington.
Em 18 dos estados, como Nova York e Louisiânia, não há uma língua oficial. O mesmo acontece no distrito de Columbia, onde localiza-se a capital Washington. Em 18 dos estados, como Nova York e Louisiânia, não há uma língua oficial. O mesmo acontece no distrito de Columbia, onde localiza-se a capital Washington. (Flipar)
Em 2023, os senadores republicanos JD Vance (Ohio) e Kevin Cramer (Dakota do Norte - foto) apresentaram um projeto de lei ao congresso na mais recente tentativa de emplacar o inglês como língua oficial.
Em 2023, os senadores republicanos JD Vance (Ohio) e Kevin Cramer (Dakota do Norte - foto) apresentaram um projeto de lei ao congresso na mais recente tentativa de emplacar o inglês como língua oficial. Em 2023, os senadores republicanos JD Vance (Ohio) e Kevin Cramer (Dakota do Norte - foto) apresentaram um projeto de lei ao congresso na mais recente tentativa de emplacar o inglês como língua oficial. (Flipar)
Muitas das iniciativas e clamores para tornar o inglês língua oficial se amparam na tese de que o idioma está perdendo força no país. Especialmente pelo aumento contínuo da população de origem hispânica.
Muitas das iniciativas e clamores para tornar o inglês língua oficial se amparam na tese de que o idioma está perdendo força no país. Especialmente pelo aumento contínuo da população de origem hispânica. Muitas das iniciativas e clamores para tornar o inglês língua oficial se amparam na tese de que o idioma está perdendo força no país. Especialmente pelo aumento contínuo da população de origem hispânica. (Flipar)
O último censo (2018-2022) do país, porém, não sugere esse risco. De acordo com os dados coletados, 78,3% dos americanos falam somente o inglês em casa. E 61% dos falantes de espanhol dominam a língua inglesa.
O último censo (2018-2022) do país, porém, não sugere esse risco. De acordo com os dados coletados, 78,3% dos americanos falam somente o inglês em casa. E 61% dos falantes de espanhol dominam a língua inglesa. O último censo (2018-2022) do país, porém, não sugere esse risco. De acordo com os dados coletados, 78,3% dos americanos falam somente o inglês em casa. E 61% dos falantes de espanhol dominam a língua inglesa. (Flipar)
Em três estados norte-americanos o português é a terceira língua mais falada: Connecticut, Massachusetts e Rhode Island.
Em três estados norte-americanos o português é a terceira língua mais falada: Connecticut, Massachusetts e Rhode Island. Em três estados norte-americanos o português é a terceira língua mais falada: Connecticut, Massachusetts e Rhode Island. (Flipar)
Outros seis países do mundo não estabelecem em sua constituição uma língua oficial. Curiosamente, nessa lista estão dois que têm o inglês como idioma majoritário: Austrália e nada menos que o Reino Unido.
Outros seis países do mundo não estabelecem em sua constituição uma língua oficial. Curiosamente, nessa lista estão dois que têm o inglês como idioma majoritário: Austrália e nada menos que o Reino Unido. Outros seis países do mundo não estabelecem em sua constituição uma língua oficial. Curiosamente, nessa lista estão dois que têm o inglês como idioma majoritário: Austrália e nada menos que o Reino Unido. (Flipar)
No norte do continente americano o Canadá é o outro país que tem o inglês como língua principal. A constituição local também reconhece o francês como idioma oficial.
No norte do continente americano o Canadá é o outro país que tem o inglês como língua principal. A constituição local também reconhece o francês como idioma oficial. No norte do continente americano o Canadá é o outro país que tem o inglês como língua principal. A constituição local também reconhece o francês como idioma oficial. (Flipar)
Por outro lado, há países que consideram mais de um idioma como o oficial. A Bolívia, por exemplo, reconhece 36 idiomas em sua carta magna.
Por outro lado, há países que consideram mais de um idioma como o oficial. A Bolívia, por exemplo, reconhece 36 idiomas em sua carta magna. Por outro lado, há países que consideram mais de um idioma como o oficial. A Bolívia, por exemplo, reconhece 36 idiomas em sua carta magna. (Flipar)
O Paraguai introduziu em 2010 a “lei de línguas”, que estabeleceu o uso de idiomas dos povos indígenas nas repartições públicas juntamente com o espanhol.
O Paraguai introduziu em 2010 a “lei de línguas”, que estabeleceu o uso de idiomas dos povos indígenas nas repartições públicas juntamente com o espanhol. O Paraguai introduziu em 2010 a “lei de línguas”, que estabeleceu o uso de idiomas dos povos indígenas nas repartições públicas juntamente com o espanhol. (Flipar)
Na Índia, que usa o inglês e o hindi em níveis governamentais, há outros 20 idiomas reconhecidos como oficiais.
Na Índia, que usa o inglês e o hindi em níveis governamentais, há outros 20 idiomas reconhecidos como oficiais. Na Índia, que usa o inglês e o hindi em níveis governamentais, há outros 20 idiomas reconhecidos como oficiais. (Flipar)
Há muitos países, como a Espanha, que têm uma língua oficial e também outras reconhecidas em nível regional, como o catalão, o basco e o galego.
Há muitos países, como a Espanha, que têm uma língua oficial e também outras reconhecidas em nível regional, como o catalão, o basco e o galego. Há muitos países, como a Espanha, que têm uma língua oficial e também outras reconhecidas em nível regional, como o catalão, o basco e o galego. (Flipar)
A Bélgica possui três língua oficiais, correspondendo às regiões diversas do país: alemão, francês e holandês.
A Bélgica possui três língua oficiais, correspondendo às regiões diversas do país: alemão, francês e holandês. A Bélgica possui três língua oficiais, correspondendo às regiões diversas do país: alemão, francês e holandês. (Flipar)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.