Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Viva a Vida
Publicidade

Tragédia e luto: ex-campeã olímpica de vôlei morre aos 43 anos

Flipar

Flipar|Do R7

Segundo o Boletim de Ocorrência registrado pela Polícia Civil do Estado de São Paulo, a morte da jogadora de vôlei Walewska, de 43 anos, se deu por conta de uma queda do 17° andar de um prédio.
Segundo o Boletim de Ocorrência registrado pela Polícia Civil do Estado de São Paulo, a morte da jogadora de vôlei Walewska, de 43 anos, se deu por conta de uma queda do 17° andar de um prédio. Segundo o Boletim de Ocorrência registrado pela Polícia Civil do Estado de São Paulo, a morte da jogadora de vôlei Walewska, de 43 anos, se deu por conta de uma queda do 17° andar de um prédio.
As autoridades seguem investigando as circunstâncias do trágico incidente e não descartam a hipótese de suicídio.
As autoridades seguem investigando as circunstâncias do trágico incidente e não descartam a hipótese de suicídio. As autoridades seguem investigando as circunstâncias do trágico incidente e não descartam a hipótese de suicídio.
O boletim foi emitido pelo 78º Distrito Policial, localizado no bairro dos Jardins, na Zona Oeste da cidade de São Paulo.
O boletim foi emitido pelo 78º Distrito Policial, localizado no bairro dos Jardins, na Zona Oeste da cidade de São Paulo. O boletim foi emitido pelo 78º Distrito Policial, localizado no bairro dos Jardins, na Zona Oeste da cidade de São Paulo.
O registro indica que o incidente ocorreu às 18h09 de quinta-feira (21/09) e que a polícia foi informada sobre o ocorrido às 20h19 do mesmo dia.
O registro indica que o incidente ocorreu às 18h09 de quinta-feira (21/09) e que a polícia foi informada sobre o ocorrido às 20h19 do mesmo dia. O registro indica que o incidente ocorreu às 18h09 de quinta-feira (21/09) e que a polícia foi informada sobre o ocorrido às 20h19 do mesmo dia.
Segundo o relatório, uma equipe de socorro ainda tentou reanimar a ex-jogadora, mas foi constatado seu falecimento no local.
Segundo o relatório, uma equipe de socorro ainda tentou reanimar a ex-jogadora, mas foi constatado seu falecimento no local. Segundo o relatório, uma equipe de socorro ainda tentou reanimar a ex-jogadora, mas foi constatado seu falecimento no local.
A área de recreação, localizada no 17º andar do condomínio, possui câmeras no corredor e é acessada exclusivamente pelos moradores por meio de uma porta de vidro equipada com reconhecimento facial.
A área de recreação, localizada no 17º andar do condomínio, possui câmeras no corredor e é acessada exclusivamente pelos moradores por meio de uma porta de vidro equipada com reconhecimento facial. A área de recreação, localizada no 17º andar do condomínio, possui câmeras no corredor e é acessada exclusivamente pelos moradores por meio de uma porta de vidro equipada com reconhecimento facial.
O sistema de vigilância registrou Walewska entrando na área de recreação por volta das 16h50, ficando sozinha naquele momento.
O sistema de vigilância registrou Walewska entrando na área de recreação por volta das 16h50, ficando sozinha naquele momento. O sistema de vigilância registrou Walewska entrando na área de recreação por volta das 16h50, ficando sozinha naquele momento.
Walewska fez parte do time que conquistou a primeira medalha de ouro no vôlei feminino nas Olimpíadas de Pequim, em 2008.
Walewska fez parte do time que conquistou a primeira medalha de ouro no vôlei feminino nas Olimpíadas de Pequim, em 2008. Walewska fez parte do time que conquistou a primeira medalha de ouro no vôlei feminino nas Olimpíadas de Pequim, em 2008.
A ex-jogadora também conquistou uma medalha de bronze em Sidney, em 2000, e ficou em quarto lugar em Atenas, em 2004.
A ex-jogadora também conquistou uma medalha de bronze em Sidney, em 2000, e ficou em quarto lugar em Atenas, em 2004. A ex-jogadora também conquistou uma medalha de bronze em Sidney, em 2000, e ficou em quarto lugar em Atenas, em 2004.
O Sul-Americano de vôlei de 2022 marcou o adeus oficial de Walewska às competições esportivas.
O Sul-Americano de vôlei de 2022 marcou o adeus oficial de Walewska às competições esportivas. O Sul-Americano de vôlei de 2022 marcou o adeus oficial de Walewska às competições esportivas.
Seu último jogo como profissional aconteceu contra a equipe do Regatas Lima, do Peru, durante a fase de grupos do torneio.
Seu último jogo como profissional aconteceu contra a equipe do Regatas Lima, do Peru, durante a fase de grupos do torneio. Seu último jogo como profissional aconteceu contra a equipe do Regatas Lima, do Peru, durante a fase de grupos do torneio.
Nas semifinais contra o Sesi-Bauru e na final contra o rival Minas, Walewska permaneceu no banco de reservas como opção, mas não foi escalada para jogar.
Nas semifinais contra o Sesi-Bauru e na final contra o rival Minas, Walewska permaneceu no banco de reservas como opção, mas não foi escalada para jogar. Nas semifinais contra o Sesi-Bauru e na final contra o rival Minas, Walewska permaneceu no banco de reservas como opção, mas não foi escalada para jogar.
Após sua aposentadoria, o clube de Uberlândia decidiu não mais utilizar a camisa número 1, que era a que Walewska costumava vestir.
Após sua aposentadoria, o clube de Uberlândia decidiu não mais utilizar a camisa número 1, que era a que Walewska costumava vestir. Após sua aposentadoria, o clube de Uberlândia decidiu não mais utilizar a camisa número 1, que era a que Walewska costumava vestir.
Em 2023, Walewska lançou sua autobiografia intitulada
Em 2023, Walewska lançou sua autobiografia intitulada Em 2023, Walewska lançou sua autobiografia intitulada
Entre as histórias, por exemplo, a central contou que aos 12 anos deixou sua casa e pegou um ônibus para fazer o primeiro teste de vôlei no Minas.
Entre as histórias, por exemplo, a central contou que aos 12 anos deixou sua casa e pegou um ônibus para fazer o primeiro teste de vôlei no Minas. Entre as histórias, por exemplo, a central contou que aos 12 anos deixou sua casa e pegou um ônibus para fazer o primeiro teste de vôlei no Minas.
A morte da ex-jogadora gerou forte comoção no meio esportivo. O Praia Clube, última equipe em que Walewska jogou, divulgou uma nota nas redes sociais lamentando a morte da atleta.
A morte da ex-jogadora gerou forte comoção no meio esportivo. O Praia Clube, última equipe em que Walewska jogou, divulgou uma nota nas redes sociais lamentando a morte da atleta. A morte da ex-jogadora gerou forte comoção no meio esportivo. O Praia Clube, última equipe em que Walewska jogou, divulgou uma nota nas redes sociais lamentando a morte da atleta.
A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) exaltou a carreira vitoriosa de Walewska.
A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) exaltou a carreira vitoriosa de Walewska. A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) exaltou a carreira vitoriosa de Walewska.
[...]Sua trajetória no esporte será para sempre lembrada e reverenciada. Neste momento tão difícil, a CBV se solidariza com a família e os amigos desta grande jogadora”, disse o presidente da CBV, Radamés Lattari.
[...]Sua trajetória no esporte será para sempre lembrada e reverenciada. Neste momento tão difícil, a CBV se solidariza com a família e os amigos desta grande jogadora”, disse o presidente da CBV, Radamés Lattari. [...]Sua trajetória no esporte será para sempre lembrada e reverenciada. Neste momento tão difícil, a CBV se solidariza com a família e os amigos desta grande jogadora”, disse o presidente da CBV, Radamés Lattari.
A jogadora da seleção brasileira de vôlei, Sheilla Castro, publicou uma foto do lançamento do livro de Walewska e disse: “você sempre foi um exemplo para mim dentro e fora das quadras. dor é grande demais. Agora o luto é diferente pela sua partida precoce.
A jogadora da seleção brasileira de vôlei, Sheilla Castro, publicou uma foto do lançamento do livro de Walewska e disse: “você sempre foi um exemplo para mim dentro e fora das quadras. dor é grande demais. Agora o luto é diferente pela sua partida prec... A jogadora da seleção brasileira de vôlei, Sheilla Castro, publicou uma foto do lançamento do livro de Walewska e disse: “você sempre foi um exemplo para mim dentro e fora das quadras. dor é grande demais. Agora o luto é diferente pela sua partida precoce.
A ex-jogadora olímpica e atriz Lica Oliveira disse não acreditar na morte da ex-campeã olímpica.
A ex-jogadora olímpica e atriz Lica Oliveira disse não acreditar na morte da ex-campeã olímpica. A ex-jogadora olímpica e atriz Lica Oliveira disse não acreditar na morte da ex-campeã olímpica.
O treinador José Roberto Guimarães disse estar “sem chão” com a notícia. “A gente perde a noção de muita coisa. Eu perdi uma filha. Eu perdi uma filha. É muito duro. É um momento para nós muito difícil”, declarou.
O treinador José Roberto Guimarães disse estar “sem chão” com a notícia. “A gente perde a noção de muita coisa. Eu perdi uma filha. Eu perdi uma filha. É muito duro. É um momento para nós muito difícil”, declarou. O treinador José Roberto Guimarães disse estar “sem chão” com a notícia. “A gente perde a noção de muita coisa. Eu perdi uma filha. Eu perdi uma filha. É muito duro. É um momento para nós muito difícil”, declarou.
O técnico comanda a Seleção Brasileira Feminina de Voleibol desde 2003 e conviveu com Walewska por um longo período.
O técnico comanda a Seleção Brasileira Feminina de Voleibol desde 2003 e conviveu com Walewska por um longo período. O técnico comanda a Seleção Brasileira Feminina de Voleibol desde 2003 e conviveu com Walewska por um longo período.
“Ela [Walewska] foi um exemplo de dedicação, de comprometimento. A gente fica sem chão para saber exatamente e entender as coisas. É difícil falar sobre isso. Abalou todo mundo nesse momento”, disse o treinador.
“Ela [Walewska] foi um exemplo de dedicação, de comprometimento. A gente fica sem chão para saber exatamente e entender as coisas. É difícil falar sobre isso. Abalou todo mundo nesse momento”, disse o treinador. “Ela [Walewska] foi um exemplo de dedicação, de comprometimento. A gente fica sem chão para saber exatamente e entender as coisas. É difícil falar sobre isso. Abalou todo mundo nesse momento”, disse o treinador.
A Seleção Brasileira entrou em quadra nesta quinta-feira (21/09), pelo Pré-Olímpico de vôlei, em Tóquio. As jogadoras entraram de mãos dadas e usaram fitas nos braços em homenagem à Walewska.
A Seleção Brasileira entrou em quadra nesta quinta-feira (21/09), pelo Pré-Olímpico de vôlei, em Tóquio. As jogadoras entraram de mãos dadas e usaram fitas nos braços em homenagem à Walewska. A Seleção Brasileira entrou em quadra nesta quinta-feira (21/09), pelo Pré-Olímpico de vôlei, em Tóquio. As jogadoras entraram de mãos dadas e usaram fitas nos braços em homenagem à Walewska.
Diante da tristeza que abalou as jogadoras, que receberam a notícia momentos antes de entrar em quadra, o Brasil perdeu para a Turquia por 3 sets a 0.
Diante da tristeza que abalou as jogadoras, que receberam a notícia momentos antes de entrar em quadra, o Brasil perdeu para a Turquia por 3 sets a 0. Diante da tristeza que abalou as jogadoras, que receberam a notícia momentos antes de entrar em quadra, o Brasil perdeu para a Turquia por 3 sets a 0.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.