Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Adega do Déco
Publicidade

Começa uma jornada por Rioja, a região mais tradicional do vinho na Espanha

Nos próximos textos, exploraremos com mais detalhes os vinhos e sub-regiões

Adega do Déco|André RossiOpens in new window


DOCa Rioja, a região mais tradicional do vinho na Espanha Divulgação

Fui recentemente convidado pelo Consejo Reguladora da DOCa Rioja (Denominacíon de Origen Calificada) para participar de um curso e visitar a região, na Espanha. Nos próximos posts, detalharei as transformações e novidades de Rioja, essenciais para os amantes de vinho ficarem de olho. Este primeiro texto serve como uma introdução geral para nos situar.

Rioja, localizada no norte da Espanha, a 350 km de Madri, é a região vinícola mais tradicional e renomada do país. O rio Ebro, com seus sete afluentes, é um dos principais fatores naturais da região, influenciando a composição dos solos e moderando o clima local.

As cadeias montanhosas que circundam Rioja também desempenham um papel crucial: ao norte, a Sierra Cantabria protege contra os ventos úmidos, enquanto ao sul, o Sistema Ibérico, composto pelas Sierras de la Demanda e de Cameros, oferece proteção contra o clima extremo (muito quente no verão, muito frio no inverno) do centro da Espanha.

Essa introdução é fundamental para entender que Rioja vai além da imagem clássica de vinhos tintos, predominantemente feitos com a uva Tempranillo e envelhecidos em barris de carvalho americano, resultando nas categorias Crianza, Reserva e Gran Reserva.

Publicidade

Embora esses vinhos ainda representem a maior parte da produção, a região está passando por mudanças significativas, com novas tendências e vinhos de alta qualidade emergindo.

A DOCa Rioja abrange três regiões políticas da Espanha: a Comunidade Autônoma de La Rioja, com 45.905 hectares de vinhedos; Álava, no País Basco, com 13.178 hectares; e Navarra, com 7.157 hectares. A DOCa Rioja é dividida em três sub-regiões: Rioja Alavesa, ao norte do Rio Ebro; Rioja Alta, que inclui a capital Logroño e fica majoritariamente ao sul do Ebro; e Rioja Oriental, anteriormente chamada de Rioja Baja, a leste de Logroño até Alfaro.

Publicidade

As principais uvas cultivadas na região são as tintas Tempranillo (a mais plantada), Garnacha, Mazuelo e Graciano, e as brancas Viura, Malvasia, Verdejo, Garnacha Blanca e Tempranillo Blanco. As variedades tintas representam 91% das plantações, enquanto as brancas correspondem a 9%.

Esse é o panorama geral de Rioja. Nos próximos textos, exploraremos com mais detalhes os vinhos e sub-regiões, oferecendo um retrato completo dessa que é uma das mais importantes regiões vitivinícolas do mundo.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.