Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Como Ser Saudável
Publicidade

A tendência nas redes sociais para entrar em forma de uma maneira mais leve

Como Ser Saudável|Renata Garofano e Renata Garofano

Para muitas pessoas, a ideia de frequentar uma academia não é nada atraente. Estas pessoas até desejam ter uma vida mais saudável, incluindo a prática de exercícios, mas não se animam com o fato de suar na academia. Se este for o seu caso, talvez o “cardio confortável” seja pra você.

Esse termo está no auge lá na gringa e foi popularizado pela influenciadora Hope Zuckerbrow de Paradise, Texas. Nas publicações feitas na rede social TikTok, ela aparece caminhando em uma esteira na sua sala de estar. Durante essa caminhada, que dura em torno de meia-hora, Hope costuma aparecer vestindo pijamas ou até mesmo um roupão, enquanto assiste TV e ingere alguma bebida proteica.

Os vídeos realmente geram inúmeras questões: "Será que funciona?", "Por qual motivo ela treina assim?", "Como treinar em casa e de pijama?". Mas Zuckerbrow tem a resposta. Antes desse treino confortável, ela seguia um treinamento repleto de música alta, com a intenção de perder 45 quilos. Ela até conseguiu, porém logo depois recuperou quase metade do peso e não quis voltar a um regime intenso para melhorar sua saúde. “Percebi que precisava curar minha relação com os exercícios”, disse Hope. “O exercício não era mais divertido e eu só me movia para perder peso, não para me sentir bem ou ter saúde. Queria despertar alegria quando se tratava de movimento.”

Então, ela criou um ambiente aconchegante incluindo seus itens favoritos: velas, luzes coloridas, bebida proteica e certa manhã começou uma caminhada lenta e relaxante em sua esteira. O primeiro vídeo postado, mostrando sua nova rotina de exercícios, alcançou 400 mil visualizações, e nasceu o "cardio aconchegante".

Publicidade

Mas tenho certeza que você leitor está se perguntando: será que uma caminhada curta e lenta é um exercício eficaz?

“É ótimo encontrar uma forma acessível para as pessoas se tornarem ativas”, concorda o especialista em fitness Nick Occhipinti, professor assistente de anatomia na Universidade Rutgers em Newark, Nova Jersey. Isto ocorre, em parte, porque existe uma relação inversa entre o número de passos e a mortalidade por todas as causas, disse ele. “Quanto mais passos você dá, menor é a probabilidade de morrer”, diz Occhipinti.

Publicidade

Os especialistas dizem que, embora as sessões de cardio sejam certamente melhores do que nenhum exercício, o ideal é que elas conduzam a atividades mais intensas. Os adultos devem fazer 150 minutos de atividade física de intensidade moderada por semana, de acordo com as Diretrizes de Atividade Física para Americanos , publicadas pelo Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA. “Se o cardio aconchegante é o primeiro passo para chegar a uma intensidade mais alta, ótimo”, diz Occhipinti. "Mas se isso é tudo que você faz e acha que é o suficiente, você está errado."

O condicionamento físico e a resistência de Zuckerbrow continuam a aumentar, e as visitas à academia substituíram alguns de seus aconchegantes exercícios cardiovasculares. No entanto, ela não tem intenção de abandoná-los completamente. “Acho que não vou parar de fazer exercícios aeróbicos”, diz Zuckerbrow. “Esses treinos são como momentos de meditação e iluminam meu dia.”

Publicidade

Está tudo bem, diz Occhipinti, já que o condicionamento físico é um objetivo para toda a vida. “Comece, vá devagar e seja paciente”, diz ele. "Com o tempo, você colherá os frutos."

O importante é começar a praticar atividade física. Mesmo que seja de pijama!

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.