Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Como Ser Saudável
Publicidade

Cúrcuma: grande aliada no tratamento da indigestão

Como Ser Saudável|Do R7

Azia, má-digestão, aquele desconforto após uma refeição mais pesada. Acredito que todo mundo já sentiu alguma vez. Outras pessoas, sofrem com esses sintomais mais corriqueiramente.

Um estudo bem recente, do mês passado, publicado na revista médica BMJ, comparou como mais de 150 pessoas com dispepsia ou indigestão responderam ao medicamento omeprazol, tão indicado para o tratamento de certos problemas cardíacos e esofágicos, reduzindo o ácido no estômago, de acordo com a clínica espanhola Mayo.

As pessoas envolvidas no estudo foram avaliadas quanto aos seus sintomas, que podem incluir dor de estômago, distensão abdominal, náuseas ou uma sensação precoce de saciedade, utilizando a Avaliação de Gravidade da Dispepsia, um questionário que avalia a gravidade da indigestão. Os pesquisadores não encontraram diferenças significativas nos sintomas entre os grupos que tomaram o medicamento, açafrão ou a combinação de ambos, segundo o estudo.

“Além de suas finalidades antiinflamatórias e antioxidantes, a curcumina/cúrcuma pode ser uma opção para tratar a dispepsia com eficácia comparável ao omeprazol”, disse o autor sênior do estudo, Dr. Krit Pongpirul, professor associado do departamento de medicina preventiva da Universidade Chulalongkorn em Bangkok, Tailândia.

Publicidade

"Nos Estados Unidos, seu principal uso medicinal tem sido como suplemento dietético antiinflamatório e antioxidante para aliviar a osteoartrite e a síndrome do intestino irritável", acrescentou Pongpirul.

"Faz sentido que a investigação investigue o impacto do açafrão na indigestão, porque o seu composto curcumina foi estudado numa ampla variedade de condições inflamatórias, incluindo doenças inflamatórias intestinais e artrite", disse o Dr. Yuying Luo, gastroenterologista e professor assistente de gastroenterologia na Icahn School of Medicine no Mount Sinai, na cidade de Nova York.

Publicidade

Este é o primeiro ensaio clínico a comparar diretamente a curcumina/cúrcuma com o omeprazol e já foi constada grande eficácia da raiz.

Mas como há muitas pesquisas em andamento investigando o impacto do composto em diferentes condições inflamatórias, mais informações podem estar disponíveis ao nosso alcance muito em breve.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.