Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Na companhia de índios, Imperatriz desvenda os mistérios do Pará na Sapucaí

Escola de Ramos vai mostrar como as tribos indígenas ajudaram a construir o Estado

Carnaval 2013|Carlyle Jr., do R7, no Rio

A Imperatriz mostrará as riquezas do artesanato e da cultura do Pará nos 82 minutos de desfile
A Imperatriz mostrará as riquezas do artesanato e da cultura do Pará nos 82 minutos de desfile A Imperatriz mostrará as riquezas do artesanato e da cultura do Pará nos 82 minutos de desfile

A Imperatriz Leopoldinense escolheu os índios para apresentar o Pará na Marquês de Sapucaí. A escola de Ramos vai mostrar como as tribos indígenas ajudaram a construir a história do Estado, conhecido como a “obra-prima da Amazônia”.

O carnavalesco Cahê Rodrigues diz que os anfitriões darão uma nova cara ao Pará, que já foi enredo da Beija-Flor, Viradouro e Estácio de Sá. Cahê, que assina o Carnaval da agremiação pela primeira vez, adianta que o verde e o branco vão colorir a terra dos índios nos 82 minutos de desfile.

— Vamos mostrar uma nova história com caminhos diferentes para mostrar o Pará como ele nunca havia sido mostrado na Avenida. Os 3.200 componentes ajudarão a contar um novo Pará na Passarela do Samba.

As novidades começam pelo carro abre-alas, que terá a coroa da Imperatriz fincada no meio da Floresta Amazônica. Os índios também vão protagonizar um ritual de antropofagia em uma ala coreografada no enredo Pará, o Muiraquitã do Brasil.

Publicidade

As riquezas do solo paraense, como o ouro e a borracha, serão destaques das sete alegorias e das 32 alas que a escola levará para o desfile. O segundo carro mostrará a Ilha de Marajó como o paraíso do artesanato da região norte do País. Alegoria, feita de barro e pintada à mão, é uma homenagem à cerâmica produzida pelos indígenas.

O Círio de Nazaré, principal manifestação religiosa do Pará, vai encerrar o desfile. Uma romaria com centenas de fiéis promete emocionar o público e os jurados. A Imperatriz, no entanto, não levará a imagem de Nossa Senhora de Nazaré para a Sapucaí. Cahê revela que a escola prepara uma surpresa para lembrar a santa.

Publicidade

— No desfile, os efeitos de luzes do último carro vão dar a entender que é a santa.

Gaby Amarantos faz a Sapucaí “tremer” ao som do tecnobrega

Publicidade

A estrela do tecnobrega Gaby Amarantos vai trocar os palcos pela Passarela do Samba nesta segunda-feira (11). Dona dos hits "Treme" e "Ex mai love", a cantora será destaque no alto do sexto carro da escola de Ramos.

Luzes em neon e carrapetas de DJs vão ajudar a reproduzir o clima dos shows que misturam música brega e batidas eletrônicas. Na alegoria “Pará tecnoshow”, Gaby Amarantos vai fazer o público “tremer” ao som do ritmo paraense.

— A Imperatriz vai homenagear o Pará e o samba entra no coração da gente, aprendi em minutos. Vai ser emocionante! Sempre amei Carnaval, sempre assisti desde que me entendo por gente. Desfilar e ver meu estado ser homenageado é muita alegria para o meu coração.

A Beyoncé do Pará virá em cima de uma grande estrela, que se movimentará na passagem da Imperatriz pela Avenida. Além de Gaby Amarantos, o rei da Lambada, Beto Barbosa, e a cantora Fafá de Belém marcarão presença no sexto carro alegórico da Imperatriz. Já a atriz Cris Vianna fará a sua estreia à frente da bateria da verde e branco.

Conheça o enredo da Imperatriz

Oby aos olhos de quem vê!

Eu bato o pé no chão, é minha saudação

Livre na pureza de viver!

Sopra no caminho das águas

O vento da ambição!

O índio, então

Não se curvou diante a força da invasão

E da cobiça fez-se a guerra

Sangrando as riquezas dessa terra!

Cicatrizou, deixou herança

E o que ficou está em cartaz...

Na passarela, "estado" de amor e paz!

Siriá... carimbó... na ciranda eu rodei!

No balanço da morena... me apaixonei!

O bom tempero pro meu paladar...

De verde e branco "treme" o povo do Pará!

A arte que brota das mãos

Dom da criação, vem da natureza...

Da juta trançada em meus versos

Se faz poesia de rara beleza!

Oh! Mãe... senhora, sou teu romeiro

A ti declamo em oração

Oh! Mãe... mesmo se um dia a força me faltar

A luz que emana desse teu olhar

Vai me abençoar!

No norte a estrela que vai me guiar

Exemplo pro mundo: Pará!

O talismã do meu país

A sorte da Imperatriz!

Leia também

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.