Pela primeira vez, Vai-Vai desfila nesta noite pelo Grupo de Acesso

Maior campeã do carnaval paulistano, escola do Bixiga tenta voltar à elite do samba após queda em 2019

A Vai-Vai desfila pela primeira vez no Acesso

A Vai-Vai desfila pela primeira vez no Acesso

Felipe Araujo / LigaSP

O Grupo de Acesso de São Paulo em 2020 vai contar com a maior campeã da história do carnaval paulistano: Vai-Vai. A tradicional escola do bairro do Bixiga tenta retornar ao Grupo Especial após a queda em 2019 e luta por uma vaga com outras escolas renomadas como Nenê de Vila Matilde, Camisa Verde e Branco e Unidos do Peruche, além de outras 17 agremiações.

Oitava e última a entrar na avenida no primeiro dia de desfile do Grupo de Acesso, a Vai-Vai apresenta o samba enredo Vai-Vai, de corpo e Álamo, em que conta e faz um passeio pelos 90 anos de sua história e os 15 títulos do Grupo Especial.

Um dos destaques será a presença do Maestro João Carlos Martins à frente da bateria, que foi homenageado pela escola do Bixiga em 2011, ano em que saiu campeã com o enredo A música venceu.

Escolas do grupo de acesso têm mais campeonatos do que as do especial

Além da Vai-Vai, desfilam pelo Grupo de Acesso neste domingo (23) Estrela do Novo Milênio, Nenê de Vila Matilde, Independente Tricolor, Leandro de Itaquera, Mocidade Unida da Mooca, Acadêmicos do Tucuruvi e Camisa Verde e Branco.

Na segunda-feira (24), fechando os desfiles, pelo Acesso 2, apresentam-se Flor de Vila Dalila, Primeira da Cidade Líder, Unidos de Santa Bárbara, Amizade Zona Leste, Camisa 12, Uirapuru da Mooca, Torcida Jovem, Unidos do Peruche, Morro da Casa Verde, Tradição Albertinense, Imperador do Ipiranga e Dom Bosco de Itaquera.

Vai ao sambódromo?

Para quem ainda deseja ingressos para o desfile, as vendas ocorrem no Anhembi, das 12h às 20h. O comprador deve portar RG e CPF, já que os bilhetes são nominais.

Quem se deslocar de carro pode estacionar no Pavilhão do Anhembi. A SPTrans disponibilizará linhas exclusivas de ônibus que sairão das estações Barra Funda e Portuguesa-Tietê para o sambódromo e, para quem prefere ir de táxi, a recomendação de desembarque é preferencialmente nas proximidades da Ponte da Casa Verde com a Avenida Braz Leme, que tem o menor trajeto até os portões de entrada.

Não é permitida a entrada de bebidas alcoólicas, substâncias tóxicas, fogos de artifícios, papel em rolo (jornais, etc), balões, armas de fogo, branca ou de qualquer espécie, comidas e bebidas em geral, bandeiras com mastro e guarda-chuva.

Mochila, capa de chuva e bandeira sem mastro estão liberados.