Porta-bandeira da X-9 Paulistana quebra o pé e fica fora de desfile

Anúncio sobre desfalque de Lyssandra Grooters no Carnaval 2020 foi feito pelo intérprete Pê Santana na quadra da escola no domingo (2)

Lyssandra é porta-bandeira da X-9 desde 2017

Lyssandra é porta-bandeira da X-9 desde 2017

Felipe Araujo/Liga SP

Uma notícia triste pegou a comunidade da X-9 Paulistana de surpresa. A primeira porta-bandeira da escola, Lyssandra Grooters, quebrou o pé e está fora do desfile de 2020.

O intérprete Pê Santana comunicou os componentes da X-9, reunidos em ensaio realizado na quadra da agremiação no domingo (2), e lamentou o acidente ocorrido com Lyssandra.

"Ela quebrou o pé dançando, não vai estar conosco na avenida. Agora, a gente tem que cantar o triplo, porque ela segurava nada mais, nada menos que a maior razão da nossa existência, o primeiro pavilhão. A gente está aqui porque tem que cumprir com o compromisso, tem o Carnaval, mas a vontade é de adiar tudo e não fazer ensaio hoje [domingo]."

Pê Santana também disse, em vídeo divulgado pela SASP (Sociedade Amantes do Samba Paulista), que "não vão faltar esforços para colocar a escola na avenida": "A gente vai com garra e vai se desdobrar, vai cantar muito e vai trazer o trófeu para a Lizandra".

Procurada para dar mais detalhes sobre o estado de saúde da porta-bandeira, a assessoria de imprensa da X-9 Paulistana não retornou os contatos.