Rio: blocos apostam em temas de inclusão social e sustentabilidade

Orquestra Imperial, que desfila no Aterro do Flamengo, terá integrantes com necessidades especiais; Na Lapa, o Quizomba usará adereços reciclados

Desfile tem como tema diversidade e inclusão

Desfile tem como tema diversidade e inclusão

Reprodução

A Liga Carnavalesca Amigos do Zé Pereira, formada por oito blocos que desfilam pela zona sul e pelo centro do Rio, vai apostar em uma grande festa em prol da conscientização de questões ambientais e sociais no Carnaval 2020. O objetivo dos desfiles deste ano é fazer uma festa de rua alegre, gratuita e acessível a todos e ao mesmo tempo levantar bandeiras importantes para a sociedade, como a inclusão social, a empatia ao próximo e a sustentabilidade.

Veja mais:  Reunião para definir desconto na água termina sem acordo no Rio

A liga é apadrinhada pelo já conhecido e centenário Cordão da Bola Preta. Segundo dados da organização, os blocos que integram a liga levam anualmente mais de 300 mil foliões para as ruas.

No seu 11º desfile, o bloco Orquestra Voadora, que desfila no Aterro do Flamengo, aposta na inclusão de integrantes com necessidades especiais no seu cortejo. O projeto de integração é feito ainda na oficina que ocorre na preparação para o Carnaval, com recursos de acessibilidade que permitem que os integrantes com deficiência aprendam a tocar instrumentos e participar do desfile. A inclusão é feita através de imagens com audiodescrição, texto ampliado, braile e libras, a ideia, segundo a organização, é promover a inclusão social durante o desfile e mostra que carnaval é uma festa democrática para todos.

Já o bloco Céu na Terra, outro integrante da liga que desfila no bairro de Santa Teresa, aposta na pluralidade do povo brasileiro. O desfile deste ano leva a Bahia como tema nas ruas do Rio e conta a história de resistência da cultura afro-brasileira. Entre os ritmos estão o ijexá misturado com samba e outros clássicos da MPB. Ao todo são 120 batuqueiros, incluindo instrumentos típicos baianos, como o timbal.

O Quizomba, bloco do Circo Voador que desfila no bairro da Lapa, tem como tema deste ano a sustentabilidade. O grupo aposta em adereços feitos com material reciclado e lixeiras de garrafa PET. A cantora Roberta Sá estará à frente do cortejo como madrinha, o desfile ainda repercutirá temas como a crise de água na cidade. Em seu repertório estará a  marchinha com paródia da famosa música “cachaça não é água”.

Para o produtor cultural, Rodrigo Rezende, que é presidente da Liga, o objetivo do Carnaval de rua é oferecer uma brincadeira gratuita e acessível a todos. Rezende disse ainda que essa grande festa serve de vitrine para abordar questões muito importantes na sociedade atual.

“Considero o Carnaval de rua do Rio a festa mais democrática do mundo. Em um mesmo bloco, você brinca com pessoas totalmente diferentes, que estão ali pelo mesmo propósito: se divertir. Todos celebram juntos e misturados. E por que não aproveitar essa grande vitrine frente ao nosso país para levantar bandeiras importantes e conscientizar os foliões? Questões como a inclusão social, a empatia ao próximo e a preservação ambiental podem ser tratadas de forma livre, leve e divertida. E essa é a maior magia do carnaval”, explica.

Confira os horários dos desfiles dos blocos da Liga Amigos do Zé Pereira:

Bloco Céu na Terra: 22/02, desfile às 7h, em Santa Tereza, no Centro do Rio. Concentração será no Largo dos Guimarães, com desfile até o Largo do Curvelo.

Bloco Laranjada: 23/02, Concentração na Rua General Glicério, em Laranjeiras, Zona Sul do Rio, às 8h. 

Bloco Toca Rauuul: 23/02, Praça Tiradentes, às 15h.

Bloco A Rocha da Gávea: 25/02, Concentração na Praça Santos Dumont, às 8h, e término, às 13h, no Planetário.

Bloco Vagalume, O Verde: 25/02, concentração será às 8h, com previsão de desfile às 10h, na Rua Jardim Botânico, esquina com a Pacheco Leão. 

Bloco Orquestra Voadora: 25/02, com concentração marcada para às 15 horas, na altura da Praça Luis de Camões, no Aterro do Flamengo. 

Bloco Último Gole: 25/02, das 17h às 22h, no Parque dos Patins, na Lagoa.

Bloco Quizomba: 29/02, concentração prevista para às 10h, no Circo Voador.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa